• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Essa senhora aprendeu a ler e escrever aos 104 anos de idade

POR Cristyele Oliveira    EM Compartilhando coisa boa      15/08/19 às 17h46

Na vida, nunca é tarde demais para correr atrás dos seus sonhos. Seja aprender algo novo ou até mesmo mudar completamente de vida. E não adianta ficar achando que é muito velho para fazer tal coisa. Enquanto há vida, há esperança e, se tiver força de vontade, o que te impede? A história dessa senhora é uma ótima prova disso. Sem condições de estudar quando era jovem, ela nunca aprendeu a ler e escrever, mas isso mudou agora. Aos 104 anos de idade, é que ela finalmente conseguiu realizar o seu sonho de aprender a ler e escrever.

Dona Duzinha começou a pegar aulas de alfabetização para finalmente poder ler sozinha a Bíblia, já que é muito religiosa. Ela participa de um projeto que ensina adultos e idosos a ler e escrever, nos municípios do estado do Mato Grosso. Em poucas semanas de aula, Dona Duzinha estava radiante por já conseguir escrever o seu próprio nome. Ela é, com certeza, um exemplo de determinação para todos nós.

Uma vida às escuras

Dona Duzinha foi batizada de Zumira ao nascer, porém, com o tempo, o apelido de Duzinha pegou e ela decidiu mudar o seu nome. Natural do estado de Minas Gerais, ela viveu toda a sua infância no interior, morando com a família na roça. Embora a escola fosse perto da sua casa, o seu pai nunca a permitiu frequentar as aulas. Isso porque, segundo ele, o estudo era uma coisa para homens.

Naquele tempo, as meninas se casavam muito jovens, e assim, aconteceu com Dona Duzinha, que novamente não teve a chance de estudar. "Até que tentei, mas meu marido ficou doente e acabei desistindo. O povo ia dizer que eu abandonei meu marido doente. Achei melhor ficar com ele e não estudei mais", conta ela.

E assim, ela viveu uma vida inteira como analfabeta, até que hoje, aos 104 anos, ela finalmente está aprendendo a ler e escrever. Atualmente morando em Araputanga, a cerca de 350 quilômetros da capital do Mato Grosso, Cuiabá, a idosa teve a chance de ser alfabetizada. Ela participa de um projeto de alfabetização de adultos e idosos, que tem o intuito de reduzir a taxa de analfabetismo no estado.

Aprendendo a escrever

A professora Sandra Regina é a responsável por dar as aulas de alfabetização, na cidade de Araputanga. Foi ela quem incentivou a dona Duzinha a participar do Projeto Muxirum.

Sandra conta que conheceu a idosa na igreja que as duas frequentam juntas. "Quando estava montando a turma de alfabetização, a procurei para saber se não tinha interesse em estudar e ela aceitou na hora", conta ela. "Ela quer escrever seu nome em toda aula, por isso, faço um exercício somente para ela. Outro dia, durante a aula, estava muito frio e as outras alunas estavam reclamando e queriam ir embora mais cedo. Mas ela não aceitou acabar a aula. Disse ter ido para estudar e que iria ficar até o final", finaliza.

Projeto Muxirum é uma iniciativa desenvolvida em parceria entre as prefeituras municipais do estado, igrejas, sindicatos e outras organizações do estado. O curso de alfabetização tem duração de sei meses, com 270 horas curriculares, sendo 10 horas semanais.

E você, o que achou da história da Dona Duzinha? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.

Próxima Matéria
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+