• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Essas são as 4 consequências inesperadas da poluição de plástico no oceano

POR Toni Nascimento    EM Natureza      14/11/18 às 17h51

A cada dia que passa, nós chegamos mais perto do colapso ambiental. Problemas no meio ambiente, como aquecimento global e buraco na camada de ozônio, são uma ameaça à vida humana, como também é um perigo para a permanência de qualquer ser vivo no planeta Terra. Mas um dos problemas ambientais que mais preocupam é a poluição, e suas consequências. Uma forma que está em evidência atualmente é a poluição de plástico, que é descartado na natureza. O material pode demorar até mais de 600 anos para se decompor no meio ambiente.

A poluição de plástico acarreta uma infinidade de consequências naturais. Por isso mesmo, o homem deveria ter mais cuidado com o que faz com os produtos ou resíduos de plástico. Você já viu o que o plástico pode fazer com as tartaruguinhas? Isso é triste, porém, todos nós podemos fazer nossa parte para mudar essa realidade. Listamos 4 problemas acarretados pela poluição de plastico no oceano. Confira.

1 - Ecossistema

Se você acha que o plástico usado é inofensivo, saiba que está a prejudicar todo o ecossistema. O material contém toxinas e pesticidas que soltos, aderem a outras partículas que podem ser ingeridas por animais e também pessoas. Se você acha que estar matando o ecossistema já não é suficiente - e é - saiba que também pode estar acabando com vidas e matando seres vivos, inclusive pessoas.

2 - Economia

Se o plástico é uma indústria lucrativa, ela também possui um lado obscuro que prejudica diretamente a economia de um país. Pois o uso excessivo de plástico está inundando as praias de lixo, e muitas estão virando lugares inabitados. Isso espanta turistas, e agride diretamente o turismo. Imagine se um tanto de gente deixa de gastar seu dinheiro com cidades litorâneas? A economia será ferida gravemente.

3 - Navegação

O plástico pode levar mais de 600 anos para se degradar, lembrando que materiais como pneus não se sabe ao certo quanto leva para se decompor, podendo ser muito mais tempo. Até o momento, já existem 100 milhões de toneladas flutuando à deriva pelo mar. Esse acúmulo dificulta a navegação de barcos e embarcações e impede o fluxo constante na vida dos animais marinhos.

4 - Futuro

Para ser bem sincero, já há mais lixo no mar do que animais que possamos comer, ou seja, já há mais lixo do que alimento. Os "grandes pontos de lixo" no mar, são compostos principalmente de pequenos fragmentos de plástico e estão espalhados em superfícies gigantes, como o ponto do Pacífico que é maior do que os EUA. Isso quer dizer que já impossível limpá-lo por completo. Isso é preocupante para o futuro e dos que aqui viverão. Será que nossos filhos verão o mar um dia?

E aí, está preocupado agora? Comenta aqui com a gente e compartilha nas suas redes sociais. Para você que não usa canudinho em prol da natureza, aquele abraço.

Próxima Matéria
Via   upsocl  
Toni Nascimento
Nerd, mas principalmente amante do cinema. Mais em @nascimento_toni
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você


Fatos + Deezer (Podcast)

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+