• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Esse é o tempo que devemos namorar antes de casar

POR Isabela Ferreira    EM Ciência e Tecnologia      28/06/18 às 14h31

Eis que você está em um relacionamento mais sério e acredita ter finalmente encontrado o amor da sua vida. Já estão juntos há algum tempo e a cada dia tem mais certeza disso. Qual seria o próximo passo então? Casar? Bem, quando o assunto é casamento muita gente já fica com medo e tenta desconversar. Isso porque se trata de uma decisão séria e ambos precisam estar certos de que é aquilo que querem.

Talvez haja falta de confiança, ou a pessoa não se julga madura o suficiente para "juntar os trapos". Mas quando seria o tempo certo? Será que realmente existe isso? De acordo com a ciência, sim... Existe! Mas também não se engane. Esta não seria a pergunta certa a fazer, considerando que muitos outros fatores entram em jogo.

A pesquisa

No ano de 2015, os pesquisadores da Emory UniversityAndrew Francis-TanHugo M. Mialon realizaram um estudo que contou com a ajuda de 3 mil casais. Inicialmente, eles analisaram como os gastos com a festa de casamento afetaram na duração de seus relacionamentos. Por incrível que pareça, concluíram que aqueles que gastaram menos possuem uma relação muito mais sólida.

Outros quesitos também foram avaliados, a exemplo do tempo de namoro que tiveram antes de casar. Dessa forma, descobriram que aqueles que namoraram por dois anos, tinham um risco de divórcio 20% menor do que aqueles que namoraram por apenas um ano. Enquanto isso, aqueles que namoraram por três anos ou mais, tinham riscos 10% menores. Talvez esta seja a resposta que procurávamos, não é mesmo?

Mas ainda há um outro fator que é decisivo nessa porcentagem: o conhecimento que o casal tem um do outro. Aqueles casais que declararam que se conheciam "muito bem" quando se casaram, também tinham riscos de divórcio bem reduzidos.

Outras questões

No livro "Razão e sensibilidade", de Jane Austen, é possível encontrar o seguinte trecho: "Não é o tempo ou a oportunidade que determinam a intimidade; é apenas a disposição. Sete anos seriam insuficientes para fazer algumas pessoas se conhecerem, e sete dias são mais do que suficientes para outros". De fato, algumas pessoas tem maior facilidade em se relacionar e podem conseguir construir um convívio sólido dentro de pouquíssimo tempo.

No fim das contas, os casais duradouros tendem a pensar mais sobre o futuro. Não são imediatistas e planejam cada passo importante que pretendem dar. Um estudo do ano passado demonstrou que sua expectativa para o futuro de seu relacionamento, reflete no quão satisfeito e comprometido você está com ele hoje.

Dessa forma, cada casal precisa definir suas prioridades. Assim, se realmente for importante estarem juntos, conseguirão adaptar certas coisas e fazer alguns sacrifícios para que o amor consiga prosperar. Normalmente, para que isso seja possível, o mais viável é realmente namorar por mais tempo antes de casar.

E então pessoal, o que acharam? Compartilhem suas ideias com a gente aí pelos comentários!

Próxima Matéria
Via   Curiosity  
Imagens Pexels
Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+