Ciência e Tecnologia

Estudo mostra que lagos de Saturno estão cheios de cristais misteriosos

0

Por conter lagos com características muito semelhantes aos da Terra, a lua de Saturno, Titã, deixou a comunidade fascinada. Ela é, além de nosso planeta, o único corpo celestial no Sistema Solar a ter líquidos em sua superfície. Mares de metano e etano preenchem essas lacunas na superfície da lua. Assim como a água preenche os rios, lagos e oceanos na Terra.

Numa região próxima ao equador de Titã, onde tais líquidos se evaporaram, os cientistas, que estudavam a lua, descobriram algumas “manchas” escuras. Pela falta de uma visão mais próxima das manchas, não é possível afirmar exatamente do que se tratam.

No entanto, acreditam os pesquisadores que tais manchas funcionem como anéis em uma banheira. A parte sólida, que antes estava dissolvida em um líquido, é contida à medida que este líquido evapora. Tais “anéis” poderiam ser feitos de cristais alienígenas. Agora, novas evidências encontradas por eles parecem reforçar essa teoria.

O estudo que fomenta essa teoria foi publicado na American Geophysical Union e apresentado na Conferência de Ciências Astrobiológicas de 2019. No estudo, eles descrevem como os pesquisadores do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA colocaram metano, etano e “outras moléculas contendo carbono” em uma câmara com temperaturas frias. De forma que eles pudessem replicar as condições climáticas e a atmosfera de Titã.

“Descobrimos um terceiro mineral molecular estável nas mesmas condições presentes na superfície de Titã, uma lua de Saturno”, escreveram os pesquisadores no estudo. “Este mineral molecular é composto de acetileno e butano, duas moléculas orgânicas que são produzidas na atmosfera de Titã e caem na superfície. Nós chamamos eles de ‘minerais moleculares’ porque eles se comportam exatamente como os minerais fazem aqui na Terra, mas em vez de serem compostos de carbonatos ou silicatos, eles são compostos de moléculas orgânicas”.

Descobertas

À medida que o estudo progredia, os pesquisadores descobriram outros novos compostos e minerais não vistos na Terra. E, segundo um comunicado, incluindo um “co-cristal feito de acetileno e butano sólidos”. Além do mais, existe a possibilidade de que o cristal, feito de acetileno e butano, seja muito comum em Titã. Isso, claro, de acordo com o que os pesquisadores sabem sobre a lua de Saturno.

“Este mais recente é provavelmente muito mais abundante na superfície de Titã, já que tanto o acetileno quanto o butano são muito comuns lá”, escreveram os estudiosos. “Em particular, achamos que os ‘anéis de banheira’ ao redor dos lagos de Titã podem ser feitos desse material, porque o acetileno e o butano se dissolvem bem no metano líquido e no etano, em comparação com outras moléculas”.

“Não sabemos ainda se temos esses anéis de banheira”, disse Morgan Cable, principal autor do estudo e pesquisador da NASA em um comunicado. “É difícil ver através da atmosfera nebulosa de Titã”.

Mais estudos se fazem necessárias sobre Titã para determinar se esses anéis de fato estão lá como se imagina. Para isso, seria necessário uma espaçonave para a inspeção dos lagos. Uma aproximação mais de perto, segundo os pesquisadores.

Há poucos meses, foram realizadas novas observações de Saturno e sua lua. Com elas, os cientistas puderam testemunhar pela primeira vez tempestades de poeira em Titã. O que levantou a hipótese de que as tempestades poderiam ser um fator precursor da vida alienígena no corpo celeste.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Enfim uma boa explicação para a cena final do Capitão América em Vingadores: Ultimato

Matéria anterior

7 consequências terríveis de um asteroide atingir a Terra

Próxima matéria

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.