Curiosidades

Estudos apontam que os tiranossauros eram carnívoros sociais, não predadores solitários

0

Novas descobertas apontam que os tiranossauros podem não ter sido predadores solitários – como há muito tempo se pensava -, mas sim carnívoros sociais, como, por exemplo, os lobos. De acordo com uma recente reportagem, publicada pela CBS News, a nova teoria surgiu após um grupo de paleontólogos analisar um local onde a espécie morreu em massa.

A região foi encontrada há sete anos e fica próxima ao Monumento Nacional Grand Staircase-Escalante, no sul de Utah, o qual o governo Biden considera restaurar após modificações terem sido realizadas pelo ex-presidente Trump. Os pesquisadores confirmaram a morte em massa de tiranossauros no local, com base em análises geoquímicas.

Cemitério de tiranossauros

Segundo a reportagem publicada pela CBS News, o local que está sob constantes avaliações é o terceiro túmulo de tiranossauros descoberto na América do Norte. A confirmação reforça a teoria – desenvolvida há 20 anos – de que a espécie vivia em bandos. “No entanto, mais pesquisas precisam ser feitas para certificar a teoria”, disse Kristi Curry Rogers, professora de biologia do Macalester College.

A profissional, recentemente, revisou os novos artigos que priorizam a premissa. De acordo com Rogers, “é ter tanta certeza de que os tiranossauros viviam em bandos sem realizar novos estudos”. “É possível que esses animais tenham vivido em territórios próximos, mas isso não significa que viajavam juntos. Acredito que a espécie tenha vivido em torno de recursos que, com o tempo, tornaram-se mais escassos”.

Conforme apontam as informações que foram disponibilizadas pela reportagem da CBS News, o novo túmulo de tiranossauros foi descoberto em 2014, pelo paleontólogo do Bureau of Land Management, Alan Titus. A região, mais tarde, por conta da vasta presença de fósseis contidos em seu interior, passou a ser chamada de pedreira Rainbows and Unicorns. A escavação segue em andamento desde a descoberta. O trabalho ainda está ativo devido ao tamanho da área e do volume dos ossos.

“Eu considero esta uma descoberta única”, disse Titus aos repórteres durante uma entrevista coletiva realizada de forma virtual. “Provavelmente não encontrarei outro local que seja tão empolgante e cientificamente significativo durante o resto de minha carreira”.

Teoria

A teoria, de que tiranossauros eram seres sociais e andavam em bandos, findou-se há mais de 20 anos, quando mais de uma dúzia de esqueletos da espécie foram encontrados em uma área de Alberta, Canadá. Um outro local, que revelou uma morte em massa de tiranossauros foi encontrado posteriormente em Montana, o que levantou novamente a possibilidade.

“Obviamente, muitos cientistas questionaram a teoria. Destes, alguns argumentaram que os dinossauros não tinham inteligência para promover uma interação social sofisticada”, disse Titus.

“Entender o comportamento desses animais requer novas evidências”, pontuou Joseph Sertich, curador de dinossauros do Museu de Ciência e Natureza de Denver, Estados Unidos, em entrevista coletiva à imprensa estadunidense. “E acho que este novo local, o qual está repleto de uma coleção espetacular de fósseis de tiranossauros, é o que faltava para entendermos isso”.

Segundo expôs a reportagem da CBS News, além dos fósseis de tiranossauros, os pesquisadores também encontraram sete espécies de tartarugas, peixes e raia, dois outros tipos de dinossauros e um esqueleto quase completo de um crocodilo. A presença de distintos e poucos fósseis da mesma espécie desses animais sugere que a morte foi individual.

Desde a descoberta do local, grupos de paleontologistas estão pressionando o governo para proteger o rico registro paleontológico e arqueológico da região. A secretária do Interior, Deb Haaland, visitou o sul de Utah, no início deste mês, para enviar ao governo novas recomendações sobre a conservação da área.

7 celebridades que tornam o mundo um lugar melhor com atitudes

Matéria anterior

Conheça a história do casal que reflorestou um deserto

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.