Mundo Afora

Ex-carteiro é investigado por não entregar 20 mil cartas

0

Um ex-carteiro de 62 anos se tornou alvo de uma investigação policial na Espanha. O fato ocorreu depois de ele vender sua casa e a equipe responsável pela reforma encontrar no local vários sacos de sacos de lixo contendo mais de 20 mil cartas não entregues. 

Uma curiosidade sobre o caso é que as correspondências descobertas eram destinadas a moradores de uma região específica da cidade de Alicante, localidade vizinha de onde o ex-carteiro vivia, e estavam lacradas. 

Outro detalhe é que as cartas não entregues são datadas de 2012 e 2013. Tendo essa informação em mente, não se torna uma grande surpresa saber que foi no ano de 2013 que a agência de correios de Alicante decidiu não renovar o vínculo empregatício com o carteiro, após ter sido constatado “irregularidades” em seu trabalho. As informações foram publicadas pelo jornal The Guardian.

Ainda não foi descoberto o motivo pelo qual o profissional teria impedido que tantas correspondências, várias dessas sendo simples contas de luz e energia, tenham sido entregues nos endereços dos destinatários.

O caso se torna ainda mais curioso quando se considera que os novos compradores da residência ligaram para avisar o antigo dono a respeito das sacolas jogadas pelo local, que guardavam as cartas, mas que o ex-carteiro recusou-se a ir removê-las, ainda de acordo com o The Guardian.

O envio das cartas

Foto: Pixabay/ blende12

Enquanto o ex-carteiro é acusado de “infidelidade ao guardar documentos”, as cartas estão atualmente sob investigação das autoridades. Após isso, o plano é que elas retornem aos correios da Espanha, onde deverão ser enviadas para seus destinatários, mesmo que seja com uma década de atraso.

Homem vestido de carteiro tenta assaltar morador durante falsa entrega, em Fortaleza

Foto: Reprodução/Vídeo

Outro caso envolvendo carteiros que foi repercutido na mídia ocorreu no dia 27 de maio. Na ocasião, uma câmera de segurança flagrou um homem vestido como carteiro, em Fortaleza (Ceará), tentando assaltar um morador, no Bairro Sapiranga.

O vídeo registra o momento em que suspeito sacou uma arma de fogo e tentou invadir uma casa, durante uma falsa entrega. O morador impediu a entrada e saiu correndo. Já o falso carteiro fugiu do local.

De acordo com o G1, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) disse que a Polícia Civil investiga uma possível tentativa de roubo. O órgão ainda acrescentou que as imagens de câmeras de segurança auxiliam os trabalhos policiais.

Os Correios informaram que estão apurando a ocorrência internamente, de forma preventiva, para colaborar com as autoridades de segurança pública. Além disso, a Polícia Federal já foi acionada e não há evidências de que se trata de empregado da estatal. 

A estatal também afirmou que além do uniforme (no caso de carteiro), é obrigatório o uso do crachá em local visível por todos os empregados.

As investigações ainda pretendem esclarecer se o homem já trabalhou para os Correios, ou se ele apenas utilizou o uniforme para disfarçar. Equipes do Serviço de Inteligência, da Polícia Militar (PMCE), também realizam diligências com o objetivo de colher mais informações sobre o caso.

A SSPDS ainda afirmou que o policiamento na região é feito com o uso de carros, motocicletas e conta ainda com uma Plataforma de Observação Elevada (POE), unidade móvel de videomonitoramento usada pela PMCE como uma base de apoio ao policiamento da área.

A entidade também reforçou a importância de a vítima registrar Boletim de Ocorrência (BO), que pode ser feito através da Delegacia Eletrônica (Deletron), no site www.delegaciaeletronica.ce.gov.br, em qualquer hora do dia ou da noite. 

O caso também pode ser registrado no 26º Distrito Policial (26º DP), unidade que investiga crimes na região.

Fonte: Aventuras na História, G1

Noiva de Claudia Rodrigues sobreviveu ao 11/9

Matéria anterior

Cabeleireiro viu mancha no couro cabeludo e alertou cliente para câncer

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos