Garoto sobrevive após ser decapitado em acidente

POR Rafael Miranda    EM Curiosidades      06/10/15 às 19h07

O pequeno Jackson Taylor sofreu uma lesão horrível depois que o carro em que viajava com sua mãe e irmã colidiu de frente com outro veículo a 70 quilômetros por hora. A força acidente foi tão intensa que a cabeça do bebê de 16 meses de idade, foi deslocado em uma espécie "decapitação interna".

O médico de Jackson, Geoff Askin afirmou em entrevista a BBC que ficou extremamente surpreso pela criança ter sobrevivido. "Para começar, muitas crianças não sobreviveriam a esse tipo de lesão. E se sobrevivessem e fossem ressuscitadas, então, talvez não conseguissem respirar e ou se mover novamente".

De acordo com a mãe do garoto, Rylea Taylor, o acidente aconteceu por causa de imprudência de dois garotos na beira da estrada em que ela estava passando. Os jovens estariam fazendo manobras em um veículo e acabaram levantando uma nuvem de poeira no local "Eles soltaram o freio e foram direto para a estrada. Eu freiei. Mas a batida foi tão forte que todos os airbags foram ativados."

10

Ela disse para a BBC que a cena dentro do carro era extremamente chocante. "Minha filha estava inconsciente, meu filho de 16 meses estava gritando. Os dois estavam com o rosto sangrando. Quando eu tirei Jackson do carro, soube na hora que seu pescoço estava quebrado".

11

Rylea Taylor ficou revoltada com a imprudência dos garotos. "Quando eu os vi, eles estavam olhando para baixo. Eu gritei com eles para que eles olhassem para meus filhos, para ver o que eles tinham feito. Mas eles não se importaram. Eles nem olharam."

12

Inconformada com a situação dos garotos que provocaram o acidente, Rylea lançou uma petição online no site Change.org pedindo punições mais duras para motoristas irresponsáveis.
Ela conta que, de acordo com a polícia australiana, os garotos devem receber uma suspensão da carteira e uma multa.

13

A mãe de Jackson decidiu fazer uma petição online para pedir justiça e um maior rigor na punição dos jovens irresponsáveis. No texto do site de petições "Change" ela diz: "Três garotos decidiram dar cavalo de pau e cantar pneus perto de uma curva em um rodovia, às 11 horas da manhã. A estupidez dessas pessoas custou à minha família mais do que você pode imaginar".

14

A mãe de Jackson disse que espera que seus filhos possam ter um desenvolvimento normal. "Eu espero que meus filhos possam praticar esportes, possam pular numa cama elástica, brincar, correr e serem felizes. Meus filhos vão passar por sessões de reabilitação e fisioterapia, terão cicatrizes e uma vida diferente do que eu pensei."

Decapitação na história

15

Historicamente, a decapitação foi utilizada como uma forma de pena capital. Centenas de anos atrás, a morte por decapitação foi considerado, às vezes, uma maneira honrosa de morrer, principalmente por guerreiros capturados. Na Inglaterra medieval, a punição por alta traição era ser enforcado e esquartejado, mas no caso de nobres e cavaleiros, muitas vezes a pena era à decapitação.

Nos países em que a decapitação era usada como pena capital, como na Escandinávia, os nobres eram decapitados com uma espada, simbolizando a sua classe como uma casta militar, morrendo por um instrumento de guerra, enquanto os plebeus eram decapitados com uma machado.

No entanto, em alguns países, como a China, a decapitação é considerada como uma punição menos honrosa por causa de diferentes valores culturais. Por exemplo, chineses acreditam que separar qualquer parte do corpo intencionalmente é desrespeitoso com os seus antepassados, que trouxeram a vida da pessoa.

Fonte: BBC

Rafael Miranda
Jornalista viciado em memes e amante da cultura pop.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+