Os jogos eletrônicos crescem cada vez mais e sobem os números de novos jogadores ao redor do mundo. O que antes era algo exclusivo de um computador, hoje, divide o público com os celulares, e são chamados de jogos mobile. Podemos ver essa crescente, desde o começo da década, com os grandes campeonatos de League of Legends e DOTA.

Mas coisas novas  sempre surgem diariamente. E foi assim que os jogos Battle Royale, no cenário de jogos eletrônico online, surgiram. Eles são a nova tendência dos videogames e dos e-sports. São jogos eletrônicos que misturam elementos de exploração, sobrevivência e procura de equipamentos e armas.

Os maiores nomes atualmente desse tipo de jogo são Fortnite, Playerunknown's Battlegrounds (PUBG), Free Fire e Apex Legends. Esses jogos conquistaram milhões de usuários. Brendan Greene é considerado o pai dos Battle Royale. Ele é um desenvolvedor irlandês, que ficou famoso após criar DayZ, um jogo de arma. Ele então decidiu criar o modo, onde as pessoas batalhavam em uma arena, até que sobrasse apenas um sobrevivente.

Não existe um consenso do primeiro jogo completo do estilo. Mas muitos atribuem o feito ao H1Z1: King of The Kill, de 2016, da Daybeak Game Company. Greene ganhou mais destaque, ainda em 2017, após desenvolver o PUBG. O jogo foi um grande fenômeno e colocou os Battle Royale, de vez, na indústria dos esportes eletrônicos.

E parece que o ambiente eletrônico não foi suficiente para os amantes desses jogos.

Publicidade
continue a leitura

Jogos

De acordo com a loja de artigos de luxo, Hush Hush, uma pessoa anônima quer promover um Battle Royale da vida real.  E sua inspiração foi claramente os jogos online. O que se pretende é juntar 100 pessoas, em uma ilha privada, para uma competição que duraria três dias. E o último concorrente que sobrasse seria coroado como campeão e levaria para casa um prêmio de 500 mil reais.

“Os jogos Battle Royale tornaram-se incrivelmente populares nos últimos anos e nosso cliente é um grande fã que deseja tornar o jogo realidade da maneira mais segura possível. Se o campeonato for um sucesso este ano, é algo que ele deseja que um evento anual avance, o que é muito emocionante", disse Aaron Harpin, fundador do Hush Hush.

Publicidade
continue a leitura

A loja está procurando um designer, para fazer uma arena, que será usada pelas 100 pessoas escolhidas. Os competidores usarão armas de Airsoft e usarão armaduras sensíveis ao toque. Elas serão feitas para detectar quando os jogadores são atingidos e tirá-los do jogo.

Competição

Para que essa competição se torne uma realidade é preciso um gamemaker talentoso que possa ajudar os organizadores a projetar essa arena. É bem provável que os organizadores já tenham uma experiência no gerenciamento de eventos e design de cenários em larga escala.

Publicidade
continue a leitura

A competição será feita em três dias e cada um dos dias teria um torneio de 12 horas. E nas 12 horas restantes, os competidores acampariam e receberiam suprimentos e alimentação. Isso se repetiria até que um combate final fosse feito.

“Se você é fã de filmes e jogos na última pessoa, será uma ótima oportunidade de ter uma experiência única na vida e ganhar uma quantia significativa de dinheiro. No entanto, para chegar lá, nossa equipe de concierge precisa de ajuda para torná-lo realidade", ressalta.

Até agora, não existe nenhuma previsão para essa competição de Battle Royale acontecer.

Publicado em: 11/12/19 14h58