Fatos NerdNotícias

Novos detalhes sobre o fator de cura do Wolverine são revelados

0

Na sexta-feira passada a Marvel Comics inaugurou a segunda fase de seu reboot dos X-Men nos quadrinhos. Ao passo que o pontapé inicial foi marcado pela publicação de Wolverine #1, ficamos sabendo informações inéditas sobre o personagem. Vale lembrar que a Arma X foi amplamente utilizada nos recentes eventos de House of X e Dawn of X. O mutante apareceu através de HQs como X-Force. Contudo, agora o enfoque de sua série solo destacará a perspectiva e papel do Wolverine na mudança do mundo. Como resultado disso, a mais recente edição se aprofundou mais em uma das características mais conhecidas do personagem, seu fator de cura.

Um dos principais diferenciais de HoX e DoX foi a inclusão de gráficos em cada publicação. O conceito implantado por Jonathan Hickman servia não apenas para fornecer informações e configurações contextuais maiores, mas também para explicar pontos-chaves sobre a mitologia dos X-Men de uma nova maneira. Assim, em Wolverine #1 vimos algo semelhante. Na publicação de inauguração da série do herói, vimos um gráfico detalhando suas propriedades sanguíneas. Dessa forma, pudemos aprender novos detalhes sobre seus poderes regenerativos.

De acordo com o ComicBook.com, o sangue de Wolverine foge completamente do padrão conhecido. Isso significa que o mutante não se adequa aos tipos A, B, AB ou O. Na verdade, Logan não possui nenhum dos 36 sistemas de antígenos, o que o torna inigualável e classificado como tipo “E”. Além disso, seu sangue é imune às infecções e adaptável a qualquer outro sangue. Logo, caso seja necessário, é fácil encontrar um doador de sangue pra ele. No entanto, caso o sangue de Wolverine deixe seu corpo, seu fator de cura é automaticamente perdido, ou seja, ele pode receber, mas não doar.

O retorno sanguinário de Wolverine

Segundo o CBR, em sua nova jornada solo, Wolverine tem sua psique explorada. Embora Krakoa tenha oferecido ao mutante a chance de sossegar, Logan percebeu que isso seria impossível por causa de seus demônios do passado. Então, o herói permanece na inquietante luta conta o mal, lidando com toda violência que insiste em cercá-lo e parece fazer parte dele. Assim, na história escrita por Benjamin Percy e ilustrada por Adam Kubert e Viktor Bodganovic, vemos o retorno de um antigo inimigo de Logan, o Omega Vermelho. Como resultado disso, o mutante imerge num mar de manipulações e confusões. Por fim, essa nova série tem sido bem avaliada e promete desenvolver a violência e solidão do personagem de uma forma inédita.

E então, o que achou dos novos detalhes sobre o sangue de Wolverine? Animado para o futuro do herói na série solo? Compartilhe sua opinião com a gente.

Livro diz que OVNIs são guiados por pilotos do futuro

Previous article

7 melhores documentários para ver na Netflix

Next article

Comments

Comments are closed.