Mundo Animal

O que saber antes de comprar um ”coelho da páscoa”

0

Nós amamos os nossos animais de estimação e ninguém duvida disso. Os gatos e cachorros são nossos melhores amigos, assim como peixes, passarinhos, lagartos e até um coelho fofo. Na época da Páscoa, a venda de coelhos aumenta justamente pelo animal ser o símbolo da data, com isso, pais dão o coelho de presente para seus filhos.

No entanto, será que comprar um coelho apenas porque é Páscoa é realmente uma boa ideia? “Os coelhos são animais domésticos, que vivem em média 8 anos, têm temperamento tranquilo, são dóceis e carinhosos, e adoram um colo! Por isso, são tão amados por todos, especialmente pelas crianças”, explicou a veterinária Solange Cestero Rodriguez.

Se essa realmente for a sua ideia de presente de Páscoa, é importante que antes de comprar um coelho a pessoa saiba de algumas informações a respeito do animal para então decidir se ela realmente conseguirá e poderá cuidar do coelho quando ele estiver na sua casa. Por isso, Solange listou alguns cuidados que se deve ter com esse animal.

1 – Alimentação

Um como

Saber quais são os hábitos alimentares do seu futuro pet é uma coisa importante para prevenir problemas. No caso do coelho, por ser um animal herbívoro, além da ração própria para sua espécie, eles devem comer verduras verde-escuras, como couve e almeirão, pelo menos, três vezes por semana. Além disso, também precisam de fibras mais fortes, como por exemplo, os talos de cenoura e feno de capim, para estimular seu trato digestivo.

Outro ponto importante de se saber é que os hábitos alimentares do coelho são noturnos. Por conta disso, recomenda-se oferecer ração, verduras e legumes durante o dia. Quando for à noite, deixe o feno à disposição do animal, e também água fresca.


2 – Dentes

Mundo ecologia

Os dentes incisivos superiores do coelho crescem de forma contínua e eles precisam desgastá-los. Para que o animal faça isso é preciso oferecer para ele galhos de árvores frutíferas, como, por exemplo, goiabeira e acerola, para que eles roam e façam o desgaste dos dentes.

3 – Habitat

Shopee

Para que o coelho não estrague os móveis da sua casa, o recomendável é que ele fique em um cercadinho quando ele estiver sem supervisão. O tamanho que se recomenda é de 3m x 2m x 2m.

Quando tiverem pessoas para supervisionar o bichinho, ele pode e deve ficar solto. Até porque, nunca se deve deixar o coelho preso em uma gaiola por tempo integral.

4 – Higiene

Mcities

Para que o coelho fique com seu pelo saudável e sem parasitas, ele deve ser escovado com frequência. Além de fazer bem para o pelo do animal, escová-lo também pode ser uma terapia para o dono do animal.

Com relação ao banho, isso não precisa ser uma preocupação, porque o coelho gosta de se auto higienizar. Mesmo assim, o lugar onde ele ficar deve ser constantemente limpo e desinfetado.

Além disso, sempre que possível o coelho deve deve ter acesso aos banhos de sol, e às atividades ao ar livre, como cavar buracos.

5 – Relação com crianças

Mulher portuguesa

Geralmente, o coelho é mais comprado na época de Páscoa para ser dado de presente a uma criança. Então, é claro que um ponto extremamente importante de se saber é como é a relação desse animal com as crianças.

O coelho é uma espécie bastante usada na Terapia Animal Assistida (TAA), por ser um animal de fácil criação, porte pequeno e fácil manutenção. Além disso, ele também é usado na interação com crianças e pessoas hiperativas. Isso porque a docilidade e tranquilidade fazem com que a criança desenvolva o foco na atividade que está realizando com o animal.

Outro ponto positivo é que o coelho é um animal silencioso, o que faz com que seja possível criá-lo em ambientes mais reservados, como casas e apartamentos.

Fonte: MSN

Imagens: Um como, Mundo ecologia, Shopee, Mcities, Mulher portuguesa

Essas luxuosas coberturas estão à venda ao redor do mundo

Matéria anterior

Saiba porque alguns animais hibernam

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos