Ciência e Tecnologia

Para que serve aquele cilindro preto no fio dos carregadores?

0

Para que serve aquele cilindro preto no fio dos carregadores? Você tem um notebook? Então, com certeza já deve ter percebido este pequeno objeto embutido no fio de carregamento.

Muitas são as dúvidas das pessoas sobre a utilidade de várias coisas, como o buraquinho no palito do pirulito, o último furo do tênis e até mesmo o nosso umbigo.

Se olharmos bem para a configuração dos carregadores que usamos hoje em dia, você vai perceber que eles vêm com alguns acessórios que chamam a atenção.

Alguns deles fornecem energia, transmitem informações, permitem o funcionamento de dispositivos, mas já reparou em um cilindro com cerca de 3 centímetros que aparece bem perto do conector do carregador do notebook, por exemplo? Para que será que ele serve?

Cilindro

Esses cilindros de cor preta se chamam “núcleos de ferrite“. Estes pequenos objetos foram inventados no século XIX pelo físico Mihajlo Pupin.

De acordo com o eletricista da Poli-USP, Gustavo Bruno, em entrevista ao site engenhariae, os núcleos de ferrite “ajudam a evitar que os cabos se comportem como antenas”.

Esses cilindros evitam que variações grandes e picos de energia nas correntes que seguem fluxo pelos cabos aumentem a indutância dos fios.

Ele é uma espécie de controlador de ondas eletromagnéticas, que evita que aqueles chuviscos ou pixelados apareçam nos monitores dos computadores ou até mesmo celulares e televisões.

Por dentro do núcleo de ferrite

ferrite2

Por dentro dele existe uma bola ou espécie de cilindro que é feita à base de ferrita, um material bastante parecido com a cerâmica. A ferrita é feita de óxido de ferro, uma substância dura, quebradiça e bem escura.

Você já viu um núcleo desse em algum carregador de celular, notebook etc? Mande seu comentário aí para gente!

Pokémon Sun & Moon: finalmente temos imagens dos primeiros pokémon do jogo

Matéria anterior

Isso é o que pode acontecer se você não trocar suas roupas íntimas por mais de um dia

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos

Você também pode gostar