• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Pescadores encontraram crânio e chifres de alce-gigante de 10 mil anos

POR Mateus Graff    EM Mundo Animal      12/09/18 às 16h00

Você já deve ter visto fotos de um alce, certo? Bom, o alce-gigante tinha os chifres muito maiores do que um alce comum. Esse alces-gigantes tinham cerca de 2,10 metros de altura de ombro e pesavam entre 540 a 600 quilos. Os maiores podiam chegar até a 700 quilos. Esse animal vivia em climas frios das épocas glaciais, junto a mamutes e rinocerontes-lanudos.

Infelizmente, ele foi extinto na última era glacial. Especialistas dizem que esse alce foi extinto por causa das mudanças súbitas no clima da zona de ocorrência. Para provar que esse animal realmente existiu, trouxemos essa matéria com um crânio gigante que foi encontrado recentemente.

Pescadores encontram crânio de um alce-gigante

Pescadores da Irlanda do Norte encontraram um crânio de alce-gigante com chifres medindo 1,82 metros de largura. Esse animal vivia na Irlanda há mais de dez mil anos. Raymond McElroy e Charlie Coyle, dois pescadores, estavam pescando no Lago Neagh quando se depararam com os grandes chifres presos em sua rede de pesca.

"Ele veio na rede do lado do barco. Achei que fosse um pedaço de carvalho negro inicialmente", disse McElroy em entrevista ao jornal Belfast Live. "Fiquei chocado a princípio, quando trouxe para perto e vi o crânio e os chifres", completou o pescador.

Os chifres estavam a uma profundidade de seis metros. O crânio está quase intacto, tanto que estavam com os chifres ainda presos. Ainda não dataram os chifres, mas como citamos anteriormente, esse animal desapareceu entre 10,5 a 11 mil anos atrás. Esse animal também viveu na Eurásia, tendo o último desaparecido na Sibéria entre 8 e 6 mil anos atrás.

A outra metade

Quatro anos atrás foi encontrado uma mandíbula inferior de um alce-gigante no mesmo lago. Isso fez com que os pescadores pensassem que talvez as partes sejam do mesmo animal do crânio encontrado. A maioria dos restos desses animais foi encontrado na Irlanda e na maioria das vezes são localizados em lagos.

Esses chifres provavelmente devem ser resultados da seleção sexual, sendo que não eram apropriados para o combate entre machos. Os chifres eram usados para intimidar os rivais e atrair fêmeas, afirma o Museu de Paleontologia da Universidade da Califórnia. Segundo informado, eles pesavam cerca de 28 a 40 quilos.

O crânio do alce-gigante agora está na garagem de McElroy, mas as autoridades locais ainda vão decidir o que será feito dele.

Você já tinha visto ao menos fotos de um crânio de alce-gigante? Também achou incrível o tamanho desses chifres? Comente!

Próxima Matéria
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+