Por que a tocha olímpica nunca apaga?

POR Magno Oliver    EM Entretenimento      02/10/15 às 16h32

A Tocha Olímpica é um símbolo para as Olimpíadas que passa por várias cidades do país ou mundo. A chama vai passar por mais de 300 cidades só nas Olimpíadas do Rio em 2016.

O revezamento de passagem da tocha começa cerca de 100 dias antes da cerimônia de abertura dos jogos. O sentido do revezamento com a chama da tocha é passar a chama olímpica de uma pessoa para outra tem o objetivo de buscar laços e envolver todo o país no clima esportivo dos jogos.

Aqui no site da Fatos Desconhecidos, não só os jogos olímpicos foram pautas para nossas matérias. Jogos clássicos de tabuleiro, por exemplo, são formas de entretenimento que marcaram os anos 90. E nossa redação já fez uma matéria para você com os 7 jogos de tabuleiro que marcaram os anos 90 (Clique aqui e confira).

E a tocha olímpica é um símbolo bastante utilizado para representar a lenda de Prometeu. Mas qual é o motivo de ela passar por tantas cidades e nunca apagar o fogo aceso que carrega? O que faz a tocha olímpica ficar acesa sempre?

tocha_olimpica_olimpiada_1936_2016_560

O fogo era considerado como um elemento sagrado. Os gregos ateavam fogo em tochas acesas, em templos, enquanto a celebração dos jogos acontecia. No contexto da mitologia, o fogo é a simbologia de representação do conhecimento e a sabedoria dos deuses.

Isso se deve por conta da lenda do fogo de Zeus que foi roubado por um titã chamado Prometeu para entregar aos mortais. Para punir o titã, Zeus o amarrou em uma pedra e ordenou que uma grande águia comesse seu fígado no período da manhã e, de noite, o órgão voltaria a crescer e assim sucessivamente.

1435931230793

Para celebrar o início dos jogos olímpicos, a tocha começou a ser acesa desde o ano de 1928. No entanto, só em 1936 que o fogo da tocha passou a ser transportado de Olímpia, na Grécia, até o local das cidade-sede em que ocorriam os jogos.

A comissão esportiva escolhe um atleta que fica responsável por transportar a chama para vários lugar, sem apagar. A tocha funciona como um tipo de lampião com combustível para queimar pelo tempo de 15 horas.

Cerca de quatro lampiões entram no revezamento para o transporte do fogo olímpico. O combustível líquido é transformado em gás para realizar a queima. Na cerimônia de celebração dos jogos, a tocha é acesa com um cartucho de propano líquido encaixado em sua estrutura.

2015_7_15_16_29_54_2193

Uma válvula é aberta, a pressão é diminuída e o propano sobe na forma de gás que fica alimentando a chama. De acordo com a assessoria de imprensa do comitê olímpico brasileiro e o site oficial da organização das olimpíadas, "a chama olímpica é preservada numa lanterna que possui dois cartuchos de propano conectados."

Esse mecanismo permite que os cartuchos sejam trocados sem o fogo ser apagado. A chama da tocha também fica protegida por uma espécie de portinhola de vidro, podendo viajar em segurança por vários lugares.

Magno Oliver
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+