Curiosidades

Rotina de Kiki, uma lhama de estimação, viraliza na web

0

Nada é mais agradável do que os nosso queridos e fiéis animais de estimação. Dizem que o cachorro é o melhor amigo do homem. Mas pode discordar disso uma pessoa que tenha outro pet em casa, como por exemplo, João Vitor Tolardo com sua lhama.

O jovem paranaense de 24 anos viralizou na internet depois de mostrar a rotina inusitada de Kiki, sua lhama de quatro meses. Em entrevista, o empresário, que tem milhares de visualizações em seus vídeos nas redes sociais, disse que Kiki, que pode chegar até 1,80 metros de altura, é bem dócil.

“É uma lhama macho, chamada Kiki. É um animal que eu quero ter para a vida toda. Muito amoroso, dócil, companheiro, inteligente. Ele ainda tem quatro meses, mas pode chegar a 1,80 metro de altura. Ele é muito apegado. Ele é como um cachorro, um animal doméstico. Nunca tive problemas”, disse o dono do pet.

Pet

G1

Ainda segundo João Vitor, o animal ainda não precisou ser adestrado e sua alimentação não é uma coisa difícil. Por conta de Kiki ainda ser um bebê, muitas vezes ele mama, podendo tomar até cinco mamadeiras por dia.

“Como eles são animais muito inteligentes, ele não demanda muita atenção. Eu nunca precisei adestrar. Ele tem o lugar dele para fazer as necessidades, ele se acostuma com o espaço. A alimentação também não é difícil. Ele mama umas quatro ou cinco vezes por dia e a ração adequada é a de coelho e porquinho da índia. E são ruminantes, ficam comendo grama o dia inteiro”, explicou.

Além da lhama, João Vitor também tem um cachorro, um pastor de shetland que se chama Hassan. “Eles são grudados, são irmãos”, disse ele.

Pode ser estranho pensar em uma lhama como animal de estimação, mas segundo o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), as lhamas são consideradas animais domésticos em território nacional, o que dispensa autorização para a criação ou comercialização desses animais.

Curiosidades

G1

Claro que João recebe várias dúvidas a respeito do seu pet incomum. Uma das que as pessoas mais perguntam é se ele já cuspiu. De acordo com o empresário, ele nunca passou por essa situação com Kiki. No entanto, a lhama anterior de João Vitor, Kronk, já cuspiu duas vezes.

“Ele é minha segunda lhama. Eu tinha o Kronk, que faleceu em março. Foi meu primeiro contato com esse animal. O Kronk cuspiu umas duas vezes, só que isso acontece quando eles ficam muito incomodados. É um instinto de defesa. Com o Kiki, nunca aconteceu. Nunca tive problema”, contou.

Além de ser um sucesso nas redes sociais, Kiki é uma celebridade no Paraná. De acordo com João Vitor, de 100 pessoas que passam por ele e sua lhama, 98 pedem para tirar foto com o animal.

“Eu levo o Kiki comigo para tudo quanto é lugar. Ele fica deitado na parte de trás do carro e coloco os dois cintos de segurança. Ele é sociável, não se assusta. Eu já fui em festa e levei ele. Deixei no meio do povo. É uma repercussão absurda. Ele não se incomoda com som, nem com a presença das pessoas. Poucas pessoas ficam incomodadas. Elas ficam curiosas”, afirmou ele.

Amor

MSN

Além de João Vitor, outras pessoas também pensaram em ter animais de estimação inusitados, dentre elas, celebridades. Assim como o empresário paranaense, fundador da Playboy, Hugh Hefner, que tinha vários animais de estimação na lendária Mansão Playboy. Dentre eles, uma lhama chamada Lambert. Hef realmente adorava sua lhama. Tanto que, em setembro de 2017, antes dele falecer, o fundador da revista masculina compartilhou uma foto com sua amada lhama.

Fonte: G1

Imagens: G1, MSN 

Victor Hespanha foi o 1° turista espacial brasileiro

Matéria anterior

Cirurgião salva milhares de pessoas após dano cerebral mudar a sua personalidade

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos