• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Saiba como um mosquito descobre que você vai tentar matar ele

POR Natália Pereira    EM Ciência e Tecnologia      03/04/18 às 19h09

Os mosquitos acabam deixando marcas indesejadas em suas vítimas humanas, fazendo com que a região afetada pela picada sofra alterações. Elas podem acabar inchando, ficando avermelhadas e, o pior, causando uma coceira incessante. Sem falar nas doenças que eles podem transmitir e nas marcas que acabam deixando na pele de algumas pessoas, principalmente naquelas com alergias. E, o compilado desses fatores, acaba fazendo com que eles sejam completamente odiados.

Como consequência disso, as pessoas acabam tentando encontrar formas de se livrar deles. Estratégias que vão desde o uso de repelentes até raquetes elétricas. Mas, de alguma forma, eles sempre acabam sendo difíceis oponentes. E a sua rapidez na hora de desviar dos golpes com a mão sempre nos fazem questionar se eles sabem que estão sendo caçados. Mas pera aí, será que sabe? Bom, um estudo feito recentemente promete comprovar isso!

Os mosquitos sabem quando você está tentando matá-los

A descoberta que acabou chegando a essa conclusão foi feita por um grupo da Universidade de Washington e pode ser mais complexa do que você imagina. Já a algum tempo, os pesquisadores descobriram que o comportamento dos mosquitos na hora de picar uma pessoa não é feito ao acaso não é feito ao acaso. Eles não picam de forma aleatória e até possuem preferências. E, recentemente, os cientistas acabaram descobrindo um fator ainda mais interessante. Os mosquitos tem "memória" e conseguem lembrar de situações específicas.

Aparentemente, no momento em que você tenta atacar um mosquito,e ele se sente ameaçado, o mesmo irá guardar o seu cheiro e algumas outras características como fatores de risco. Fazendo com que você seja associado a uma memoria negativa e, no futuro, ele irá se lembrar disso. Essa experiência fará com que ele identifique uma futura situação de risco quando passar por ela novamente.

Como essa descoberta pode ser útil?

Depois de fazerem essa descoberta, os cientistas acabaram tendo uma ideia ousada. Eles queriam ver se era possível utilizar esse fator de 'aprendizagem' para fazer com que os mosquitos parassem de picar os humanos. E, para que isso fosse possível, eles recriaram a situação "traumatizante" do ataque nos mosquitos. De forma com que essa fosse associada aos humanos, criando recordações traumatizantes de sua cor, cheiro e vibração, ativando o desejo de fuga do mesmo.

Outro fator interessante sobre isso é que, aparentemente, os mosquitos geneticamente modificados, sem dopamina, não apresentaram a capacidade de aprender. E, no futuro, a descoberta pode ser usada para controlar os mosquitos e as suas doenças. Além disso, eles acreditam que isso irá ajudar a descobrir mais sobre a sua base genética e neural. Mas, o fato de que os mosquitos podem ser "controlados" por meio de um "treinamento" é o mais fascinante, concordam? O que acharam do estudo?

Próxima Matéria
Via   ArepaHerald     Vix  
Natália Pereira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+