• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Smartphones estão causando estranha ''mutação'' em crânios de jovens

POR Cristyele Oliveira    EM Ciência e Tecnologia      28/06/19 às 15h42

Não é nenhuma novidade que a tecnologia tem mudado consideravelmente a nossa vida. Os smartphones, por exemplo, se tornaram extensões do nosso corpo. Hoje em dia, é quase impossível viver sem o dispositivo. Mas um recente estudo mostrou que, aparentemente, essa revolução tecnológica tem influenciado até mesmo a estrutura física dos seres humanos.

Os resultados de um novo estudo sugerem que o nosso sistema esquelético tem se adaptado à nova realidade de vida moderna. Os pesquisadores australianos, responsáveis pelo artigo, descobriram evidências de que, nos jovens, parecem estar crescendo protuberâncias ósseas na base de seus crânios. Embora não esteja totalmente claro o que tem causado essa "mutação", os cientistas têm um palpite. Eles acreditam que isso possa estar relacionado de alguma forma com o uso dos smartphones.

A mutação

Para o estudo, os cientistas examinaram 1.200 imagens de raios-X de adultos australianos. Eles descobriram que 41% das pessoas, entre 18 e 30 anos, desenvolveram protuberâncias ósseas no crânio, localizadas logo acima do pescoço.

"Sou médico há 20 anos, e somente na última década, cada vez mais, tenho descoberto que meus pacientes têm esse crescimento no crânio", disse David Shahar, principal autor do estudo. Shahar é cientista de saúde da Universidade da Costa do Sol, na Austrália.

Entre os pacientes analisados, alguns deles apresentaram esporões com apenas 10 milímetros de comprimento, e quase não eram perceptíveis. Já outros apresentaram esporões de até 30 milímetros de comprimento, de acordo com o estudo de 2018.

Eles perceberam que essas protuberâncias estão crescendo em um ponto muito específico do crânio. Na parte inferior da cabeça humana, existe uma placa chamada de osso occipital. Nessa região, existe uma pequena saliência chamada protuberância occipital externa (POE). Essa parte do nosso esqueleto é propensa ao desenvolvimento de crescimentos ósseos pontiagudos chamados de entesófitos. Normalmente, isso acontece como resposta ao estresse mecânico, por exemplo, uma tensão muscular adicional.

Os dados desse estudo indicam que há uma prevalência de POEs crescendo mais em pessoas jovens.

O possível motivo

Apesar de o estudo se basear em um número pequeno de amostras, os autores levantaram uma hipótese para essa mutação. Eles argumentam que esses ossos se tornaram mais perceptíveis depois do surgimento da "revolução tecnológica de mão" e, consequentemente, da má postura que os smartphones e outros dispositivos nos trazem.

No geral, essas características "degenerativas" no esqueleto humano são decorrentes do envelhecimento. Mas, nesse caso, o surgimento das POEs está relacionada à juventude e gênero. Por exemplo, ser do sexo masculino aumentou em cinco vezes as chances de uma pessoa ter uma POE estendida.

"Nós reconhecemos que fatores como predisposição genética e inflamação influenciam o crescimento do entesófito", afirmam os autores. "No entanto, supomos que o uso de tecnologias modernas e dispositivos portáteis, pode ser o principal responsável por essas posturas e subsequente desenvolvimento de características cranianas robustas e adaptativas em nossa amostra".

Mesmo que essas descobertas sejam interessantes, é importante lembrar que a metodologia usada na pesquisa foi questionada. Mas ainda assim, esses resultados são apoiados por outras pesquisas, que mostram como os dispositivos móveis podem alterar o nosso sistema musculoesquelético.

O fato é que essas POEs, alongadas, não são necessariamente prejudiciais à nossa saúde. No entanto, podem ser um sintoma de um problema maior. Isso porque as maneiras como o corpo humano compensa a má postura, podem aumentar o estresse em determinados músculos e articulações. Assim, pode-se aumentar as chances de lesões ou problemas musculoesqueléticos futuramente.

Próxima Matéria
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+