Notícias

Turistas encontram sucuri de 3 metros em rio em Bonito

0

Turistas que estavam visitando Bonito, no Mato Grosso do Sul, tiveram uma surpresa aterrorizante durante um passeio num rio cristalino. Durante o passeio paradisíaco, encontraram uma sucuri de aproximadamente 3 metros.

Bonito, na região sudoeste de Mato Grosso do Sul, fica a 298 quilômetros de Campo Grande. Dessa forma, o guia turístico que vive e trabalha na região, chamado Maycon Portilho, de 30 anos, relata que viram a sucuri durante um passeio de flutuação no último domingo (8).

O profissional de turismo destaca que a filmagem da cena foi feita a uma distância segura tanto para os turistas quanto para o animal em questão. No vídeo, é possível ver um dos visitantes de frente com a cobra.

“Foi um momento raro e surpreendente, os avistamentos de sucuris estão cada vez mais difíceis de acontecer. Estávamos em um grupo de nove pessoas, e a nossa orientação é de que temos que respeitar o animal , afinal estamos no espaço dele”, disse ao g1.

Maycon também disse que o flagrante foi capturado com uma câmera específica, capacitada para filmagens subaquáticas. Além disso, ele relata que todos os presentes ficaram encantados com a beleza da sucuri. O tamanho da serpente surpreendeu até mesmo o profissional, que atua no ecoturismo há 6 anos.

“Não vivemos dias iguais aqui, a natureza nos oferece experiências diferentes todos os dias. Isso me motiva como guia para realizar passeios de maneira segura, sendo um momento único. A segurança dos turistas e dos animais é o que importa”, destaca.

Sendo assim, sucuris não são tão ágeis em ambientes terrestres. Contudo, na água, são extremamente rápidas e podem até ficar 30 minutos sem respirar. Vale ressaltar que esses animais possuem hábitos noturnos.

Turistas flagram sucuri em MS

Maycon, que é apaixonado pela natureza da região, explicou que é expressamente proibido tocar no animal durante os passeios. Isso porque é o habitat dele e não deve haver a interferência do homem. “A nossa ideia central no contexto do ecoturismo é a segurança”.

“Todos os visitantes são orientados antes dos passeios para não ter proximidade e não causar estresse ao animal. Ficamos muito atentos para ter uma experiência segura para todos”, afirma Maycon.

Ainda de acordo com o guia, visitantes de todas as regiões do Brasil costumam desembarcar na região em busca de paisagens lindas de rios, lagos e cachoeiras de águas cristalinas.

Empresário encontra jacaré tentando comer cobra no Pantanal

Reprodução/Guilherme Vasconcelos

Outra cena chocante foi registrada por Guilherme Vasconcelos, de 23 anos, que estava num passeio pelo Pantanal de Mato Grosso do Sul, em Corumbá, a 444 km de Campo Grande.

Assim sendo, Vasconcelos flagrou o momento em que um jacaré, de aproximadamente 3 metros, tentava comer uma sucuri enquanto ela se enrolava em seu corpo.

Guilherme explicou que gravou o vídeo na última semana de abril durante um passeio no rio Paraguai. Nas imagens, é possível que o jacaré lutava contra a sucuri para conseguir sair vivo do encontro. Enquanto o jacaré morde a serpente, ela aperta seu corpo no abraço da morte.

“Foi tudo muito rápido, estava subindo o rio com alguns turistas bolivianos, quando vi o jacaré com a sucuri na boca. Nunca tinha visto um jacaré daquele tamanho, ainda mais com uma cobra enrolada”, relatou.

A cena certamente impressionou Guilherme, que já tinha o costume de pescar na região. “Eu saio para o rio quase todos os dias desde que eu era criança, e até hoje nunca tinha visto algo parecido”, conta.

No entanto, o empresário diz não saber quem ganhou a luta pela sobrevivência. Segundo ele, trabalhar com a natureza é um privilégio. “Talvez nunca mais vivencie um momento como aquele, não sei. Nosso Pantanal é mágico, cada volta pela região é uma surpresa”, reflete.

Fonte: G1

Curiosidades da Bélgica que podem surpreender o viajante

Matéria anterior

Motorista branco expulsa mulher que fez comentário racista antes de corrida por aplicativo

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos