Ciência e Tecnologia

Veja quais são os recursos disponibilizados no Telegram Premium

0

Ainda em 2021, Pavel Durov, CEO do Telegram, anunciou que a rede social estava desenvolvendo uma versão paga que daria aos usuários recursos exclusivos. No entanto, o CEO não ofereceu detalhes sobre como seria o Telegram Premium.

Esse mistério se manteve até a última terça-feira (7), quando alguns vazamentos indicaram possíveis recursos que usuários podem acessar no Telegram Premium, versão paga do aplicativo. Assim, o Telegram Premium está previsto para estar disponível por US$ 4,99, cerca de R$ 24,30.

Entre os recursos especiais, podemos ter emojis exclusivos, aumento de upload para 4 GB, velocidade de download e upload ilimitada. Além disso, limite de fixação de 10 chats, possibilidade de entrar em até 1 mil canais e até 20 pastas colaborativas criadas para grupos e canais.

O usuário que adquire o Telegram Premium poderá usar avatares animados e receberá um emblema no perfil indicando seu status de pagante. Já o limite de caracteres de biografia passará de 70 para 140. O usuário pagante também não terá que suportar anúncios, já que o Telegram Premium não irá exibir propagandas. Os assinantes ainda poderão adicionar quatro contas diferentes no mesmo aplicativo.

Porém, o recurso que chamou bastante atenção é a possibilidade de conversão de mensagens de voz em texto. Logo, os usuários que não quiserem ouvir a mensagem de voz podem escolher a opção de transcrição. Também foi informado que o aplicativo terá um aumento de limites para até 400 GIFs, 10 stickers favoritos e 20 links públicos para canais e grupos.

Contudo, o Telegram não confirmou essas informações e ainda não sabemos quando a versão paga estará disponível no mercado. Usuários acreditam que essa data não esteja distante.

Telegram muda regras

Telegram

Reprodução/Gizmodo

No mês passado, o Telegram atualizou suas regras. Agora, o aplicativo determina que não deve ser usado para “atividades reconhecidas como ilegais pela maioria dos países – como terrorismo e abuso infantil”.

Dessa forma, esse item é apenas um na lista que já proibia o uso do Telegram para enviar spam ou aplicar golpes em outros usuários, para promover violência em canais públicos e bots, assim como para publicar conteúdo pornográfico ilegal e em canais públicos.

O conjunto de regras também especificou que os cidadãos brasileiros devem ter acima de 16 anos para se inscrever na plataforma de mensagens. Até então, a idade mínima era prevista apenas na União Europeia e no Reino Unido. Em comparação, WhatsApp, Instagram e Facebook aceitam perfis apenas de pessoas acima de 13 anos.

Contudo, não há informações sobre como os usuários irão informar suas idades. Na política de privacidade do Telegram, ele explica que é preciso fornecer o número de celular e outros dados, como nome e foto de perfil. Assim, em seguida, ele não coleta demais informações.

“Não queremos saber seu nome verdadeiro, sexo, idade ou o que você gosta”. Dessa maneira, as novas regras do Telegram entraram em vigor sem um comunicado oficial no aplicativo e nem nas redes sociais da plataforma.

Acordo com STF

Em março de 2022, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, determinou a suspensão do Telegram no Brasil por causa do descumprimento de decisões judiciais. Porém, o ministro reverteu a medida após o aplicativo adotar medidas para combater fake news. Com isso, o aplicativo de mensagens prometeu atualizar seus termos de serviço e refinar suas estratégias de moderação de conteúdo.

Entre os sete compromissos enumerados, estava o monitoramento manual diário dos 100 canais públicos mais populares do Brasil. De acordo com a plataforma, esses canais correspondem a mais de 95% de todas as visualizações de mensagens públicas do país.

“Acreditamos que essa medida será impactante, pois nos permite identificar informações perigosas e deliberadamente falsas no Telegram com mais eficiência. Acreditamos que se tivéssemos monitorado a mídia no Brasil antes, a crise atual poderia ter sido evitada”, afirma a plataforma.

Fonte: Olhar Digital

Madrasta se emociona com pedido de enteadas para que ela as adote

Matéria anterior

Carros autônomos poderão substituir transportes públicos

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos