• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Vídeo mostra mãe golfinho que recusa abandonar seu filhote morto

POR Jesus Galvão    EM Mundo Animal      07/06/19 às 19h23

Recentemente uma publicação feita pela página da empresa See Through Canoe,de São Petersburgo, na Flórida, partiu o coração dos internautas por toda a web. Na imagens capturadas e disponibilizadas pela companhia, é possível ver a dor e o sofrimento de uma mamãe golfinho com a morte de seu filhote. No vídeo o mamífero tenta carregar o corpo morto de sua prole sobre a água.

Não sabemos o que pode ter causado a morte do pequeno golfinho. Entretanto, segundo o que informou uma post da empresa no Twitter, a morte do animal pode ter sido um "atropelamento" ocasionado por um barco. Algo que não é incomum na região. A empresa que compartilhou o vídeo é especializada na fabricação de canoas transparentes.

A difícil separação

"A mamãe golfinho não estava pronta para perder seu filhote e o estava arrastando pelo canal intracostal. É difícil dizer com certeza sem exame, mas o bebê pode ter sido atingido por um barco. Por favor, não ache que só porque os golfinhos são rápidos que você não irá atingi-los", escreveram na publicação.

Comportamento semelhante a esse já havia sido observado em golfinhos anteriormente. Estudos buscam compreender o que causa tal reação nestes mamíferos. Tal comportamento foi comparado ao processo de luto enfrentado pelos humanos, quando perdem um ente querido.

O "luto" vivido pelos golfinhos, segundo o portal Tampa Bay Times, já foi documentado em numerosos estudos. Segundo artigo da revista Zoology, os golfinhos muitas vezes arrastam o corpo de um similar mesmo muito tempo depois de sua morte. O estudo ainda revela que os golfinhos tinham até 18 vezes mais probabilidades do que outros animais de exibir este tipo de comportamento.

"Em alguns casos, tais respostas são seguidas por um comportamento como o transporte a longo prazo de uma carcaça decomposta, semelhante às observações de certos mamíferos terrestres", escreveu um grupo de pesquisadores no  estudo publicado em 2018.

Luto

Um segundo golfinho adulto é visto no vídeo, ajudando a mamãe desolada a carregar seu filhote para superfície quando o corpo começa a afundar. As filmagens foram feitas nas águas intracostais, ao sul da praia de Clearwater.

"Foi muito difícil de assistir", twittou a conta da See Through Canoe em relação ao vídeo. "Essa imagem vai ficar presa na minha cabeça por um tempo. Eu vi um monte de velejadores quase atropelarem um golfinho neste fim de semana passado, então eu não estou realmente surpreso. Apenas triste".

Situação similar foi observada pelos pesquisadores do Tethys Research Institute, da Itália, quando monitoravam uma população de golfinho-nariz-de-garrafa no Golfo de Arta, no Mar Mediterrâneo, em 2006. Assim como aconteceu na Flórida, uma mamãe golfinho tentava evitar que seu filhote morto afundasse nas águas.

"Isso se repetiu por diversas vezes, às vezes freneticamente, durante dois dias de observação", disse Joan Gonzalvo, do instituto italiano. "A mãe nunca havia se separado de seu filhote… [Ela] parecia incapaz de aceitar a morte".

"O grupo parecia estressado, nadando de forma irregular", disse Gonzalvo. "Os adultos estavam tentando ajudar o animal morto a permanecer na superfície, mas ele continuava afundando".

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+