• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 casos reais para você ter cuidado redobrado com o que publica nas redes sociais

POR Bruno Destéfano    EM Curiosidades      18/04/19 às 18h22

Muitas vezes as redes sociais podem ser vistas como "terras sem lei", mas na prática, não é assim que funciona. Ainda mais quando há em jogo questões envolvendo preconceitos ou incoerências com a imagem que a pessoa passa na "vida real". Uma coisa não está dissociada da outra e é por isso que é necessário ter cautela sobre o que se posta no Twitter, Instagram, Facebook e qualquer rede social existente. Pelo descuido com as postagens, diversas celebridades tiveram suas carreiras comprometidas. Nós, como seres humanos, sofremos diversas mudanças de pensamentos ao decorrer dos anos, no entanto, é interessante ficar de olho sobre o que se torna público. As consequências podem ser avassaladoras. Duvida? Confira, então, 7 casos reais para você ter um cuidado redobrado com o que publica nas redes sociais.

Ademais, o perigo não estão somente associado às personalidades públicas. Professores, motoristas, jornalistas e muitos outros funcionários podem ser atingidos com o que se posta. O feitiço com certeza pode virar contra o feiticeiro. Portanto, analise se a sua postagem não ofende determinado grupo de pessoas ou é controversa a ponto de servir como prova de cyberbullying. Vivemos em sociedade e as redes virtuais não fogem completamente à regra. Por isso, não se esqueçam: tenham cuidado redobrado com o que publicam nas redes sociais. Vamos aos casos:

1. James Gunn

O diretor de "Guardiões da Galáxia" teve o seu trabalho suspenso na terceira parte do filme por causa dos tweets que ele publicou de 2008 a 2011. Entre eles, os ativistas encontraram piadas de cunho pedófilo. Representantes da Disney fizeram uma declaração e observaram que as palavras de Gunn não correspondiam aos valores da empresa.

O próprio diretor já se arrependeu muitas vezes das postagens publicadas há 10 anos. No entanto, como sabemos, é simplesmente impossível remover declarações da Internet que já tenham atraído a atenção. Mesmo apagando, a ferramenta de "print" imortaliza preconceitos ou comentários desnecessários.

A decisão da Disney em recontratá-lo aconteceu vários meses após a controvérsia inicial sobre sua demissão. Gunn expressou remorso pelos tweets antigos e disse que estava tentando ser bem-humorado, mas acabou passando dos limites.

2. Júlio Cocielo

Cocielo foi duramente criticado e perdeu assinantes em seu canal do Youtube, além de contratos em campanhas publicitárias. O motivo está associado aos seus tweets considerados racistas sobre o jogador da França Mbappé. Segundo ele, o atacante francês "conseguiria fazer uns arrastões top na praia".

Apesar de ter bloqueado diversos tweets antigos - mais de oitenta mil -, ele não foi rápido o suficiente. Em questão de horas, outros prints de publicações anteriores surgiram, onde o Youtuber comentava sobre negros, mulheres e minorias.

3. Iggy Azalea

Iggy Azalea teve que cancelar seu show em Pittsburgh devido ao fato de que as pessoas que a liam no Twitter começaram a organizar protestos. A rapper publicou alguns posts provocativos que ofendiam os gays, o que provocou a ira do público.

Após o cancelamento do concerto, Iggy pediu desculpas aos fãs, dizendo que não deveria ter publicado palavras tão desagradáveis ??para alguns leitores. E ela disse que acredita na igualdade de todas as pessoas, gêneros e nações e continuará sendo mais cuidadosa em suas declarações.

4. Ashton Kutcher

Em 2011, Ashton postou um tweet defendendo o lendário treinador americano Joe Paterno, que foi demitido de seu posto. De acordo com Kutcher, ele simplesmente não sabia que Paterno estava envolvido em um escândalo sexual e acusado de abrigar um criminoso. O ator pensou que o treinador fora demitido por causa de sua idade.

Ashton conseguiu se desculpar rapidamente por não ter entendido a situação. De qualquer forma, o incidente acabou afetando-o: no final, ele decidiu não tweetar novamente, confiando o microblog ao seu gerente. É necessário ter cuidado redobrado com o que publica nas redes sociais e o ator Ashton Kutcher é prova disso.

5. Amanda Bynes

A estrela dos filmes "Ela é O Cara" e "Hairspray" não está acostumada a ser cautelosa em suas declarações. Em 2013, a atriz postou diversas críticas gratuitas ao trabalho e pessoa de Rihanna. Bynes disse que a cantora é "feia" e "merece ser vítima de violência doméstica". Também afirmou que ela iria chamar o seu cachorro de Rihanna, em "homenagem". Amanda rapidamente apagou as publicações, mas os jornalistas conseguiram tirar prints.

Desde que Bynes se tornou conhecida por outros atos controversos, cada vez menos pessoas a consideram uma atriz talentosa e uma verdadeira estrela de comédias teens. O último filme no qual a garota estrelou foi lançado em 2010.

6. Charlie Sheen

Os criadores da série "Dois homens e meio" suportaram por muito tempo o caráter complexo de Charlie Sheen. Contudo, mesmo quando o ator foi demitido, os fãs da sitcom ainda tinham esperança de que ele retornaria ao papel.

Esta esperança se desvaneceu quando Charlie Sheen tweetou ofensas direcionadas ao produtor executivo da série, Chuck Lorre, e à produtora Warner Bros. Desde então, ficou claro que era hora de Sheen procurar outro emprego.

7. Azealia Banks

Outro caso conhecido é o da Azealia Banks, que teve sua conta no Twitter suspensa após discutir com brasileiros. Segundo o site G1, a rapper norte americana havia se tornado alvo de inúmeras críticas logo após ofender os fãs do país em uma publicação no Facebook.

Em texto publicado no ano de 2017, e excluído em seguida, a cantora dizia ter recebido mensagens racistas e spans enviados por "anormais do terceiro mundo" que fazem "spam com esse inglês errado".

Próxima Matéria
Via   telegraph     tecmundo     vox     adme     ibahia     g1  
Bruno Destéfano
Escritor, fotógrafo e jornalista // Deixe que o conhecimento te revolucione de dentro para fora.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+