• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 dados atuais sobre a morte que vão te surpreender

POR Cristyele Oliveira    EM Curiosidades      08/03/19 às 15h57

Que a morte é inevitável, não é nenhuma novidade. O fato é que todos nós vamos morrer um dia. Mas esperamos que esse dia seja o mais longe possível, não é mesmo? Hoje, com os avanços tecnológicos na área da saúde, a expectativa de vida no mundo todo aumentou consideravelmente. Felizmente, as pessoas estão vivendo muito mais e melhor.

Não que as pessoas estejam buscando a imortalidade, mas algumas medidas podem prolongar consideravelmente a nossa vida, já que um número considerável de mortes hoje é por causas evitáveis. Para entender melhor, vamos aos dados atualizados sobre as mortes nos últimos anos.

1 - Aumento da expectativa de vida

Em todo o mundo, as pessoas estão vivendo mais. Em 1950, a expectativa de vida global ao nascer era de apenas 46 anos. Em dados mais recentes de 2015, essa média aumentou consideravelmente para mais de 71 anos. Hoje, alguns países como o Japão, por exemplo, a média de vida já beira os 84 anos.

2 - Menos de 0,5% de todas as mortes são por desastres naturais

No geral, a maioria das mortes são decorrências de doenças, enquanto as mortes mais preocupantes, por motivos de terrorismo, guerras ou desastres naturais, não chegam nem a 0,5% de todas as mortes combinadas.

3 - 56 milhões de pessoas morreram em 2017

Estima-se que no ano de 2017, cerca de 56 milhões de pessoas morreram em todo o mundo. Isso é 10 milhões de pessoas a mais do que em 1990. No entanto, a média da população global também aumentou, e as pessoas estão vivendo mais, isso significa que o aumento de mortes foi proporcional ao crescimento populacional.

4 - Causas da morte

Mais de 70% das mortes em 2017 foram decorrentes de doenças crônicas não transmissíveis. O principal assassino é a doença cardiovascular, que afeta o coração e as artérias, sendo o responsável por uma a cada três mortes. O dobro da taxa de cânceres, que ocupa o segundo lugar entre as principais causas de morte no mundo, e que corresponde a uma em cada seis mortes.

Doenças não contagiosas como diabetes, doenças respiratórias e demência também aparecem nas principais posições da lista.

5 - Mortes que poderiam ser evitadas

Entre as 10 principais causas de morte, algumas delas são caracterizadas como causas evitáveis, como a diarreia. E ainda assim cerca de 1,6 milhões de pessoas morreram por causas relacionadas à ela.

Outro exemplo são os distúrbios neonatais - morte de um recém-nascido nos primeiros 28 dias de vida - que chegou a 1,8 milhão em 2017. No entanto, a frequência dessas mortes varia de acordo com o país. No Japão, esse número é mínimo, e menos de um a cada mil bebês morrem no primeiro mês, enquanto essa média aumenta para um a cada 20, em países de extrema pobreza.

Outras mortes evitáveis como acidentes rodoviários tiveram um número elevado de mortes, tanto nos países mais ricos, como nos mais pobres, chegando a 1,2 milhão de vidas.

6 - Suicídio

Mortes por suicídio quase que dobraram em todo mundo. No Reino Unido, por exemplo, as mortes por suicídio foram 16 vezes maiores, se tornaram a principal causa de morte de homens entre 20 e 40 anos.

7 - Mortalidade infantil

Naturalmente, as crianças mais vulneráveis a contraírem doenças infecciosas. No século 19, morria uma de cada cinco antes de completar os cinco anos de idade. Hoje, as taxas de mortalidade infantil caíram significativamente, muito devido às vacinas, melhorias na higiene e cuidados com saúde.

A quantidade de crianças que morrem a cada ano diminuiu para menos da metade nas últimas décadas, e esse declínio de mortes infantis globais representa um dos maiores sucessos dos cuidados de saúde modernos.

Em um panorama geral, a visão é positiva, as pessoas estão vivendo mais, enquanto menos pessoas estão morrendo por causas evitáveis. E é extremamente importante entender as causas das mortes se quisermos continuar com esse progresso.

Próxima Matéria
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+