• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 histórias curiosas por trás de alimentos modernos

POR Jesus Galvão    EM Curiosidades      05/08/19 às 18h10

Graças à evolução do processo e da fabricação de alimentos, hoje, temos o melhor acesso à comida do que qualquer outra geração na história. No passado, as pessoas não tinham outra opção senão prepararem sozinhas todos os alimentos. Na verdade, em algumas partes do mundo, com menor acesso a tecnologia, isso ainda acontece.

Com a virada do século XX, o boom industrial e a invenção da refrigeração possibilitaram o surgimento dos alimentos processados. Com esses produtos, também surgiram muitas conveniências, como maior tempo de vida dos produtos nas prateleiras, tempos de preparação de alimentos menores e preços mais baixos.

Alguns produtos têm origens muito incomuns e interessantes. Pensando nisso, hoje, preparamos uma lista com algumas das histórias por trás da invenção de alguns alimentos e produtos modernos, que vocês podem não conhecer. Confira!

1 - Barra de chocolate

Em 1847, Joseph Fry descobriu uma forma de combinar o cacau e o açúcar, de uma maneira que eles fossem moldados em uma barra sólida. John Cadbury, curiosamente, fez o mesmo. Os dois homens apresentaram suas barras de chocolate em uma feira em Birmingham, na Inglaterra, em 1849.

As barras de chocolate se tornaram um sucesso instantâneo e empresas como a Terry e Rowntree's surgiram durante a era Vitoriana. Competições entre essas empresas trouxeram muitas inovações. Incluindo o primeiro ovo de páscoa, em 1873.

2 - Nugget de frango

Os Nuggets conquistaram o mundo muito rapidamente. Sua popularização muito se deu por conta da venda do produto pelo McDonald's. A empresa começou vendê-lo a partir de 1980, após alguns experimentos iniciais. No entanto, a sua invenção ocorreu cerca de 18 anos antes, e seu responsável foi o professor Robert C. Baker.

Embora o McDonald's não mencione Baker em sua história, muito provavelmente, eles se inspiraram nas muitas pesquisas publicadas pelo professor sobre a produção de alimentos, especialmente na indústria avícola, depois da Segunda Guerra Mundial.

3 - Chips de batatas

Embora envolta em controvérsias, a criação dos chips de batata, supostamente, ocorreu em 24 de agosto de 1853. George Crum teria sido o responsável por tal feito. Naquela época, o homem trabalhava como cozinheiro em um resort em Saratoga Springs, no estado americano de Nova York, no Condado de Saratoga, nos EUA.

Um cliente havia pedido uma porção de batatas fritas, mas sempre que o pedido chegava à mesa, ele o devolvia, alegando que as batatas estavam "muito grossas". Crum então teria cortado algumas batatas realmente finas e as fritou. Para sua surpresa, o cliente adorou. A 'invenção' ficou conhecida como Saratoga Chips, antes de se espalhar pelos Estados Unidos.

4 - Ketchup de Tomate

O Ketchup é um dos condimentos mais amados do mundo. E para surpresa de muitos, é uma invenção relativamente moderna. O tomate não era consumido na Europa e nos EUA, até o século XIX. Embora, o ketchup já fosse consumido na Europa desde 1600, quando comerciantes entraram em contato pela primeira vez com a China. Mercadores traziam de lá um molho à base de peixe, chamado ke-tsiap.

Muitas receitas começaram a surgir tentando replicar o tal molho. No entanto, o primeiro ketchup de tomate, aparentemente, foi feito em 1812, por James Mease. Entretanto, os tomates perdem muito rapidamente, o que levou muitas pessoas a não consumirem o produto. As empresas então começaram a adicionar à fórmula grandes quantidade de conservantes. Muitos dos quais são bastante perigosos à saúde.

A grande reviravolta dessa história ocorreu no início dos anos 1900, quando Harvey Washington Wiley e Henry Heinz entraram no mercado. Eles apresentaram ao mundo, em 1906, um ketchup que substitua os nocivos conservantes por vinagre. Algo que prolongava a vida útil do produto sem fazer mal às pessoas. Sucesso instantâneo.

5 - Flocos de milho

Criado por John Kellogg, os flocos de milho, muito consumidos no café da manhã pelos norte americanos, só começaram a ser vendido depois que seu irmão, Will Kellogg, abriu sua própria empresa e passou a comercializar o produto, em 1906. Supostamente, John teria criado o produto para refrear a prática da masturbação.

Na época, muitas pessoas comiam carne no café da manhã. O que para ele, aumentava o apetite sexual. John acreditava que, comer coisas mais simples, reduziria o comportamento sexual. O produto foi introduzido no Sanatório de Battle Creek, na década de 1890.

Em 1906, Will Kellogg, depois de romper uma parceria criada anteriormente com o irmão, começou a vender os flocos de milho, como carro chefe de seu novo negócio, a Kellogg Company.

6 - Pepsi

A Coca-Cola e a Pepsi se enfrentam há mais de 100 anos, no que é possivelmente o duelo comercial mais longo da história. A invenção da Coca-Cola ocorreu por volta de 1886, quando ela foi anunciada pela primeira vez, por John Pemberton. A Pepsi foi criada pelo farmacêutico Caleb Bradham. Ambas eram comercializadas como um medicamento.

Em 1903, Bradham mudou o nome de seu produto para Pepsi-Cola e o estava vendendo para farmácias de várias partes dos Estados Unidos. Assim, nascia a rivalidade entre as duas empresas. Até hoje, essas empresas são o principal concorrente uma da outra.

7 - Nutella

O fabricante desse produto, a Ferrero, utiliza mais de um quarto do suprimento mundial de avelãs para produzi-lo. O sucesso da Nutella fez da diretora executiva da empresa, Michele Ferrero, a pessoa mais rica da Itália e a 20ª mais rica do mundo. A criação da Nutella surgiu como uma opção mais barata ao chocolate, durante a Segunda Guerra Mundial.

Assim, nascia uma pasta doce, predominantemente feita de avelã e açúcar. O produto foi chamado de Giandujot. Em 1951, a fórmula foi alterada, para transformar o produto em uma pasta que pudesse ser espalhada no pão. Entretanto, a fórmula, como a que conhecemos hoje no produto, é de inteira responsabilidade de Michele.

Ela percebeu que a receita poderia ser melhorada e acrescentou óleo vegetal e óleo de palma. O primeiro frasco da nova Nutella saiu das fábricas em 1964, e se tornou um sucesso instantâneo.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Via   Listverse  
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+