Entretenimento

Anitta é acusada de manipular algorítimo do Spotify com Envolver

0

Anitta fez história ao se tornar a primeira brasileira a chegar na primeira posição do ranking Daily Top 50 Global do Spotify com sua faixa “Envolver”. No entanto, a equipe da cantora internacional foi acusada de manipular o algoritmo do Spotify para que a conquista fosse possível.

Com isso, a empresa de streaming pode iniciar uma investigação sobre o uso de bots e outras maneiras irregulares que poderiam ser usadas para “dar stream” na música de Anitta.

No dia 25 de março, a faixa foi reproduzida mais de 6,4 milhões de vezes, sendo que 4,1 milhões foram reproduções realizadas por brasileiros. Ao todo, são mais de 164 milhões de reproduções até o momento atual. Porém, os sites Rest of World e Folha de São Paulo levantaram a questão se parte do sucesso da música poderia ter sido proporcionado pela manipulação nos algoritmos da plataforma de streaming.

Dessa forma, uma vez confirmado, a prática quebraria os termos e condições do Spotify. Isso porque a própria artista incentivou seu público a ouvir a faixa em massa. Portanto, para ajudar os números da cantora, os fãs podem ter hackeado o algoritmo do Spotify ao criar milhares de playlists com a música e a reproduzirem milhares de vezes.

As acusações destacam que os consumidores teriam usado bots para reproduzir a faixa incansavelmente nas plataformas, adotando diferentes IPs via VPN. No entanto, a ação que pode ser considerada ainda mais grave é o engajamento que a equipe da cantora criou para incentivar o público a aumentarem os números de reproduções.

Manipulação ou conquista

Reprodução

Segundo informações do Rest of World, Adriano Ferreira da Silva Filho, de 19 anos, teria criado diversas playlists diferentes com a música “Envolver”. Em seguida, colocou-as para tocar mais de 2 mil vezes com dois celulares e um notebook.

“Se você só toca a faixa repetidamente, o Spotify não conta como stream. Eles acham que é um bot. Então, você tem que criar uma playlist com faixas diferentes e alternar com aquela que você quer aumentar”, disse Adriano.

Apesar de ser um caso que está chamando atenção agora, o exemplo do fã de Anitta não é o único que temos. Em julho de 2021, a Divisão de Crimes Cibernéticos finalizou uma operação de 84 sites brasileiros que alegavam bots para bombar o número de streams de forma artificial nas plataformas.

Posicionamento do Spotify

Em um comunicado enviado ao UOL, a plataforma de streaming evitou comentar diretamente sobre a faixa da Anitta. Contudo, a empresa destacou que possui formas de identificar quando há manipulação em seu sistema. A empresa disse que pode alterar os números caso constate qualquer irregularidade.

“Quando identificamos ou somos alertados sobre casos potenciais ou confirmados de manipulação de stream, tomamos medidas que podem incluir a retenção de royalties, a correção de números de streaming e medidas para garantir que a popularidade do artista ou da música seja refletida com precisão em nossos gráficos”, diz o Spotify. “O Spotify reserva-se o direito de remover conteúdo manipulado da plataforma.”

Anitta no Coachella

KEVIN WINTER/Getty Images via AFP

Uma das maiores conquistas da cantora ocorreu na última semana (15/4), quando transformou o palco do festival de música Coachella em um paredão de baile funk. Assim sendo, a imprensa nacional já vinha repercutindo a estreia da cantora brasileira. Por exemplo, publicações renomadas como Variety, New York Times, Billboard, Rolling Stone e mais já citaram a brasileira.

De acordo com a revista Variety, Anitta surpreendeu o público com uma apresentação selvagem e sexy que levou estrelas como Snoop Dogg e Saweetie. Em suas entrevistas, a cantora explicou sua intenção de levar uma parte do Brasil para o deserto da Califórnia.

Com elementos da cultura de favela do Rio de Janeiro, cores da bandeira, mototáxi, passinhos de funk e até capoeira, Anitta impressionou o mundo. Agora, todos estão com os olhos no Brasil.

O Coachella Valley Music Festival é um evento de música anual que se estende por três dias, reunindo os maiores artistas globais nos palcos, que já tiveram Beyoncé, Amy Winehouse, Coldplay, Madonna e Lady Gaga em outras edições.

Fonte: Tecmundo

Americano recebe indenização milionária por festa de aniversário surpresa

Matéria anterior

Depois de 12 anos da inseminação, mulher conhece doador e se apaixona

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos