Curiosidades

Beber café antes de praticar exercícios pode fazer uma coisa incrível para seu corpo

0

Todos nós sabemos sobre a importância de fazer exercícios físicos constantemente. Isso porque a prática de desportos produz melhorias, não somente estéticas, como também condicionamento para o praticante. Especialistas recomendam ao menos uma caminhada por dia, pois isso aumenta a produção de endorfinas, diminui a tensão muscular e abaixa o hormônio do estresse.

Além de tudo isso, as pessoas procuram, é claro, a perda de gordura. E se você é uma dessas pessoas que querem maximizar a quantidade de gordura queimada no seu treino é bom pensar em tomar um café meia hora antes de começá-lo.

Café antes do treino

De acordo com um novo estudo, tomar café antes do treino pode fazer uma diferença significativa na queima de gordura, principalmente mais tarde no dia. Os pesquisadores descobriram que três miligramas de cafeína por quilograma de peso corporal pode aumentar a taxa de queima de gordura durante os exercícios aeróbicos. Isso foi visto em um estudo feito com 15 voluntários do sexo masculino.

A dose de café fez a taxa máxima de oxidação de gordura (MFO) aumentar em uma média de 10,7% pela manhã e 29% à tarde. Esse resultado acrescenta o que os pesquisadores já sabiam sobre o MFO. Que ele é menos pela manhã, do mesmo jeito que a capacidade aeróbica geral.

“A recomendação de fazer exercícios com o estômago vazio pela manhã para aumentar a oxidação das gorduras é comum. No entanto, essa recomendação pode carecer de embasamento científico, pois não se sabe se esse aumento se deve aos exercícios matinais ou ao ficar sem comer por um longo período de tempo”, disse o fisiologista Francisco José Amaro-Gahete, da Universidade de Granada, na Espanha.

Além disso, os pesquisadores também quiseram examinar com detalhes a relação entre a cafeína e os exercícios. Geralmente, esse estimulante é associado a um desempenho atlético melhor, mesmo que a ciência, por trás dessa associação, não seja tão abrangente como poderia ser.

Estudo

O estudo foi feito com os 15 voluntários durante quatro semanas. Nesse período, eles passaram por quatro testes em uma ordem aleatória. Foram eles:  tomar um placebo às 8 horas tomar um placebo às 17 horas, tomar um suplemento de cafeína às 8 horas e tomar um suplemento de cafeína às 17 horas.

Depois que eles tinham ingerido o estimulante ou o placebo, testes de ciclismo foram feitos. Neles, a capacidade de queima de gordura do corpo foi medida para mostrar o impacto que a cafeína teve na MFO.

“Os resultados do nosso estudo mostraram que a ingestão aguda de cafeína 30 minutos antes de realizar um teste de exercício aeróbio aumentou a oxidação máxima de gordura durante o exercício, independentemente da hora do dia”, disse Amaro-Gahete.

Esse estudo foi feito com uma amostra bem pequena de participantes. Por isso, é importante não pular para uma conclusão ampla. No entanto, os resultados são claros o bastante para sugerir que existe sim algum tipo de relação entre a cafeína e a perda de gordura.

“No geral, esses resultados sugerem que uma combinação de ingestão aguda de cafeína e exercícios em intensidade moderada à tarde oferece o melhor cenário para indivíduos que buscam aumentar a oxidação da gordura corporal durante o exercício aeróbico”, concluíram os pesquisadores.

Mãe morre após tentar salvar os filhos gêmeos em um acidente de carro

Matéria anterior

Startup quer tatuar eletrodos de leitura cerebral no crânio das pessoas

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos

Você também pode gostar