Mundo Animal

Cachorros entendem em média 89 palavras e frases únicas, mostra estudo

0

É inegável que cachorros são os melhores amigos do homem. E isso não é uma novidade para ninguém. O relacionamento dos humanos com os cães é antigo. Entretanto, a história de como esse encontro aconteceu se perdeu no tempo. Por isso, não se sabe há quanto tempo exatamente essa relação existe.

Quem tem um cãozinho em casa sabe o que é contar sempre com amor e apoio incondicional. Os animais aparecem no topo da lista de maiores companheiros das pessoas por nunca abandonarem seus donos.

Assim, quem ama cachorros e tem um sabe como é a relação com esses animais. Os donos percebem que eles não só entendem o que dizem, mas também a forma e o tom que eles dizem as coisas.

Cachorros

UK mail

Ademais, a forma com que os cachorros passaram a entender as nuances da linguagem humana é bastante impressionante para um animal que não fala. Depois de impressionantes frações de segundos que o dono diz uma palavra, como por exemplo, “passear” ou “tratar”, os cachorros conseguem prever e responder ao que o dono está tentando dizer. É certo que até certo ponto, eles entendem até o tom da voz.

Mesmo que o vocabulário dos cachorros não seja tão grande quanto o das pessoas, um novo estudo sugeriu que os cão podem, em média, responder a 89 palavras ou frases. Quase metade deles são comandos, como por exemplo, sentar ou ficar. No entanto, eles também conseguem entender algumas palavras, como esperar ou tratar.

Os cachorros que mais entenderam, na realidade, conseguiram responder a mais de 200 palavras específicas. Essa quantidade equivale ao vocabulário de uma criança de dois anos.

É claro que o cachorro não pronuncia as palavras como um criança de dois anos faz. No entanto, os cachorros parecem responder a determinadas palavras de uma forma específica e consistente. Isso sugere que ele tem algum nível de compreensão de linguagem.

Esses resultados se baseiam em uma lista de verificação de vocabulário já estabelecida que os pais usam para avaliar o vocabulário dos bebês humanos. Contudo, nesse caso se deu a lista para os donos de cachorros.

Entendimento

Indian express

Como resultado, a raça e o “trabalho” dos cães, como por exemplo um cão policial, pareceram ter certa influência no tamanho do vocabulário dos cachorros. Já a idade e a qualidade dos donos pareceram não influenciar em nada.

“Assim, com base nos relatórios dos donos, os cães parecem variar muito. Não apenas no número, mas também nos tipos de palavras as quais supostamente respondem”, escreveram os pesquisadores.

Mostrou-se, em estudos anteriores, que os cachorros podem aprender a responder a um número grande de palavras humanas se eles tiverem um treinamento. Por exemplo, em 2004, um border collie chamado Rico aprendeu a trazer mais de 200 itens, dentre brinquedos e bolas apenas pelo nome de cada um.

Em 2011, outro cachorro da mesma raça conseguiu um vocabulário de brinquedos de mais de mil palavras. Alguns cachorros particularmente inteligentes conseguem aprender novas palavras depois de ter ouvido elas somente algumas vezes.

Estudo

Science news

E como isso se aplica aos cachorros comuns? Para isso, os pesquisadores usaram uma pesquisa online pela qual solicitaram para os donos relatarem como seus cachorros responderam a 172 palavras e frases.

Como resultado desse tipo de pesquisa sempre existe a chance de os donos superestimarem a capacidade dos seus animais. Contudo, dando aos donos uma lista fixa de palavras para eles trabalharem com os cachorros garante-se que eles não se esqueçam de testar algumas palavras.

Nesse estudo, os donos foram pedidos para avaliar a resposta dos seus cachorros a determinadas palavras e frases em uma escala de zero a cinco. O zero significava que o cachorro não respondeu de uma maneira específica ou consistente. Enquanto o cinco mostrava que o cão respondia mesmo quando as palavras eram ditas em lugares, tons e pessoas diferentes.

Como resultado, 10 palavras ou frases específicas foram reconhecidas por mais de 90% dos cachorros. Dentre elas, o nome dos cachorros, “sentar”, “vir”, “bom menino”, “descer”, “ficar”, “esperar”, “não”, “ok” e “deixar”.

Apenas alguns cachorros conseguiram responder de maneira consistente e específica a frases como “limpe seus pés”, “sussuro”, “alto”, “chifre” e ao nome do passeador de cães, da creche ou canil.

Observações

Best of web

Embora os resultados sejam interessantes, por conta da natureza exploratória do estudo, os pesquisadores dizem que conclusões certas a respeito da capacidade de determinados cachorros responderem à linguagem humana ainda são prematuras.

Ainda assim, o estudo é um bom primeiro passo. Além de destacar uma potencial forma para os cientistas medirem as respostas dos cachorros à linguagem nos estudos futuros.

“Com pesquisas adicionais, nossa ferramenta pode se tornar um instrumento de pesquisa eficiente, eficaz e econômico para mapear algumas de suas competências e talvez ajudar a prever precocemente o potencial de cães individuais para várias profissões”, concluíram os pesquisadores.

Fonte: Science Alert

Imagens: UK mail, Indian express, Science news, Best fo web

A atividade cerebral pode ser aumentada com uma corrida de 10 minutos

Matéria anterior

10 ”sósias” de outras vidas dos famosos

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos