• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Com apenas 12 anos, garoto já havia plantado mais de 1 milhão de árvores

POR Bruno Dias    EM Compartilhando coisa boa      21/02/19 às 19h37

Ouvimos sempre quando estamos na escola, e até mesmo quando já somos adultos, que as crianças são o futuro. Sendo bom ou não, isso realmente é verdade porque quando deixarmos o planeta serão as crianças de hoje que se tornarão os adultos de amanhã. Por isso, uma educação de qualidade é necessária para que elas vejam o que realmente importa no mundo e como não cometerem os mesmo erros que as gerações anteriores, no intuito de melhorar a situação do planeta do estado em que ele se encontra.

E algumas dessas crianças são capazes de ensinar várias coisas aos adultos. Um dos nosso maiores problemas na atualidade é a poluição do planeta que acontece dos mais variados jeitos. E uma maneira simples de tentarmos revertê-la é plantando árvores, mas parece que os adultos não estão muito preocupados em resolver esse problema ou pensando em como podem fazê-lo.

Plantar uma árvore é uma das melhores iniciativas a serem feitas para ajudar o planeta, já que quando uma árvore é plantada, o planeta consegue respirar. E, consequentemente, a emissão de CO2 passa a ser menor e os impactos também se tornam menores. Elas são como o 'pulmão' do planeta e continuar com a intenção de tentar fazer a Terra ficar cada vez mais verde é ajudar e combater a destruição do meio ambiente, bem como um meio de garantir que todos os habitantes possam ter um futuro melhor.

E não é preciso ser um adulto consciente para fazer a diferença. Existe quem já tem essa consciência desde cedo. Mais precisamente aos nove anos de idade, como é o caso do alemão Felix Finkbeiner. Desde criança, ele já era uma figura importante internacionalmente.

Ele foi responsável pela criação do movimento Plant for the Planet, que nada mais é do que a recruta de crianças para plantarem árvores e assim, de combaterem as lamentáveis mudanças climáticas.

Projeto

O projeto de Finkbeiner começou em 2007, e desde então, ele conseguiu juntar mais de 100 mil jovens entre nove e 12 anos. O menino idealizador do projeto, quando completou seus 12 anos já tinha em sua bagagem de plantações 1 milhão de árvores só na Alemanha.

Já em sua adolescência, Finkbeiner dava palestras no Parlamento Europeu e na Assembleia Geral das Nações Unidas. E segundo ele, depois de as crianças terem escutado suas palestras, várias copiaram o projeto para pelo menos 90 países diferentes.

Claro que, com uma iniciativa que deu tão certo e que ajuda o planeta, várias pessoas iriam se interessar e querer apoiar o garoto. A ONU viu o talento do jovem e decidiu apoiá-lo. Atualmente, o próximo objetivo de Finkbeiner, que agora está com 20 anos, é conseguir plantar um bilhão de árvores nos próximos 30 anos.

"As crianças podem plantar 1 milhão de árvores em todos os países da Terra e compensar as emissões de CO2 por conta própria, enquanto os adultos ainda estão falando sobre fazê-lo", explicou.

Finkbeiner coloca a verdade na mesa ao mostrar que, enquanto gerações passadas apenas discutem o que pode e tem que ser feito para ajudar o planeta, as crianças estão realmente fazendo algo em prol desta causa. O projeto também tem uma página onde doações podem ser feitas para ajudar.

Próxima Matéria
Via   Upsocl  
Imagens Upsocl
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+