Conheça Padre Quevedo, o homem que desafiou Lúcifer
Tempo de leitura:1 Minutos, 12 Segundos

Conheça Padre Quevedo, o homem que desafiou Lúcifer

Oscar Gonzáles Quevedo Bruzan, conhecido como Padre Quevedo, era acostumado a dizer frases como: “fantasmas não existem”, “curandeirismo é exercício ilegal da medicina” e “a ciência não está nem a favor, nem contra: vamos ver qual é a realidade”. Em muitas vezes, o Padre Quevedo usava um tom de ironia e deboche em suas constatações.

Nem sempre Quevedo foi religioso. Quando era criança, e durante parte da adolescência, ele era um católico praticante. Mas, ainda na juventude, se tornou um espírita convicto. E entre 26 e 27 anos, ele se tornou ateu e se afastou de qualquer religiosidade.

No entanto, depois disso, Quevedo voltou para o cristianismo e se tornou um sacerdote jesuíta. Foi isso que fez com que ele ficasse conhecido como padre pelo resto de sua vida.

Era sua variação religiosa que permitia que Quevedo tivesse um embasamento maior do que a maioria das pessoas na hora dos debates. Ao logo das décadas, el foi um figura constante na televisão brasileira.

Em 2000, Padre Quevedo foi apresentar um quadro no “Fantástico” desmascarando fenômenos supostamente paranormais. E em um episódio, ele ficou frente a frente com um homem que dizia que estava incorporado com o demônio Lúcifer.

Sabemos que todos vocês são extremamente curiosos, assim como nós e por isso querem saber mais sobre determinado assunto. Se você se interessou, veja esse vídeo que fizemos no nosso canal do Youtube a respeito.