Curiosidades

Dubai retira o esgoto em caminhões?

Burj Khalifa
0

Você já deve ter visto imagens de caminhões nas ruas de Dubai. Supostamente, o conteúdo dos caminhões é, literalmente, dejetos humanos. Dubai é uma das cidades mais desenvolvidas do mundo!

Eles criam ilhas do zero, têm o Burj Khalifa, maior prédio do mundo, carros de luxo a cada esquina e moradores de rua que ganham dois mil dólares por mês! Não é possível que isso seja verdade, não é mesmo? Mas é, e você vai descobrir a razão.

Para entender por que fazem isso, é importante saber como Dubai foi construída. Tudo que foi erguido lá foi feito pelo governo com o objetivo de atrair turistas e empresas para Dubai. Para atrair novos imigrantes, eles têm políticas muito flexíveis de impostos, tanto que não existe imposto de renda lá. 

Eles conseguiram criar outras formas de arrecadação para recuperar esse dinheiro, mas, para começar um novo projeto, precisam conseguir empréstimos. Foi exatamente isso que fizeram quando construíram o Burj Khalifa, que custou 1,5 bilhões de dólares. Também gastaram milhões de dólares construindo hotéis e outros pontos turísticos.

Como resultado, acumularam muitas dívidas, o que ainda persiste. Em 2018, o governo de Dubai tinha uma dívida de 65 bilhões de dólares, que é 56% do PIB do emirado. Dessa forma, se você olhar a porcentagem de outros países, vai ver que muitos têm uma dívida maior ainda, como o Brasil, com 88%, mas a diferença desses lugares e Dubai é que Dubai não tem uma fonte de renda estável.

O turismo em Dubai

Burj Khalifa em Dubai

Burj Khalifa (Celere)

O governo de Dubai depende de turismo, taxas e investimentos. Sendo assim, tudo está diretamente ligado à quantidade de atenção que recebem. Tudo depende da quantidade de pessoas que querem visitar a cidade, a quantidade de pessoas que querem morar e a quantidade que querem investir. Então, o dinheiro investido que corresponde a 56% do PIB é muito volátil.

Além disso, Dubai foi fortemente afetado pelo colapso de 2008, o que quase causou o fechamento de vários bancos estaduais. A cidade até teve que pegar um empréstimo de 200 bilhões do Banco Central de Abu Dhabi em 2009 para evitar falência.

Era óbvio que precisavam reverter essa situação. O sheik de Dubai, Mohammed bin Rashid Al Maktoum, prometeu que nunca iria adotar o imposto de renda como forma de pagar as dívidas. Desse modo, precisavam aumentar a credibilidade da cidade, então voltaram o foco para a finalização do Burj Khalifa. Isso chamou muita atenção mundial, aumentando a entrada de dinheiro e interesse do público. Como estavam com pressa para finalizar logo, decidiram que um sistema de saneamento não era necessário, já que não contribuiria para a receita.

Caminhões de esgoto

Caminhões de esgoto em Dubai

Caminhões de esgoto em Dubai (Tecmundo)

Não é que o Burj Khalifa não tenha sistema de esgoto. A verdade é que o esgoto de Dubai não suportaria mais materiais que seriam despejados por esse prédio gigante. Como resultado, não construíram ligações entre o prédio e o sistema de esgoto da cidade.

Dado a situação crítica das finanças, dedicar tempo e dinheiro à expansão e reformulação do esgoto não era prioridade. Então não mudaram e decidiram que a retirada do esgoto gastaria menos dinheiro que uma expansão do esgoto, pelo menos a curto prazo.

Quando o Burj Khalifa abriu e as pessoas começaram a usá-lo, mais lixo foi produzido do que o esperado. Considerando que o prédio tem a capacidade de acomodar 35 mil pessoas, se todas essas pessoas fossem alimentadas, teríamos até 7 mil quilos de dejetos todos os dias. Isso sem considerar a quantidade de água.

Por isso, caminhões passavam o dia retirando esses dejetos. Mas nem o sistema de tratamento da cidade daria conta disso tudo. Outros prédios do centro da cidade também encontraram o mesmo problema e a cidade só queria saber de expandir e melhorar o reconhecimento mundial.

Foi só em 2017 que o governo decidiu investir 8 milhões de dólares para melhorar o sistema de esgoto. As construções começaram em 2019 e devem terminar só em 2025. Até lá, pode esperar que você verá os caminhões de dejetos nas ruas da cidade!

Cientistas fizeram um estudo sobre abraços e foi isso que eles descobriram

Matéria anterior

A origem dos unicórnios

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos