• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Ele adotou 3 meninos para se tornar o pai que nunca teve

POR Jesus Galvão    EM Compartilhando coisa boa      04/07/19 às 16h05

Um homem do estado norte americano da Virginia, nos Estados Unidos, que cresceu em um abrigo, chamado Berry Farmer, está agora vivendo seu grande sonho: se tornar pai. O homem, que está com 30 anos, adotou três meninos e os tem criado sozinho. Seu sonho nasceu depois que ele conheceu um sistema de adoção por parentes que existe em seu país. Neste esquema, ele foi adotado e cuidado por sua avó.

Enquanto morava com ela, Farmer afirmou que aprendeu a ser responsável e a cuidar de si mesmo e, conforme envelheceu, aprendeu como cuidar de sua avó. Sempre que ela precisava de cuidados, ele estava lá para assisti-la. Ao atingir a maioridade, aos 21 anos, ele decidiu que faria algo para mudar a vida de uma outra pessoa.

Assim, ele adotou seu primeiro filho, Jaxon, de 8 anos. No entanto, essa se tratava de uma adoção temporária. Ele cuidaria do menino até que ele pudesse se reunir com sua família. Mas, conforme o tempo passou, Farmer e seu filho ficaram muito próximos, e quando a oportunidade de Jaxon ser adotado por uma outra família surgiu, ele fez uma pergunta a ele que mudaria tudo.

O garoto perguntou se Farmer poderia ser seu "pai para sempre". "Tornar-me pai adotivo foi como uma homenagem à minha avó porque eu nunca poderia retribuir a ela o que me fez, mas eu definitivamente estava disposto a fazê-lo", disse Farmer à PEOPLE. "Foi comovente que essa criança de uma raça diferente se sentisse confortável o suficiente para me chamar de pai, ele era uma criança procurando por pertencer a uma situação não tão típica".

Em 2013, Farmer decidiu que estava na hora de ampliar sua família. Então, ele adotou Xavier, de 11 anos de idade. E um pouco mais de um ano depois que Xavier foi adotado, Jeremiah, de 4 anos de idade, foi integrado à família. O pequeno Jeremiah se encontrava em um lar adotivo temporário. Da mesma forma que Jaxon se encontrava quando foi adotado.

"Os planos de Jeremiah de voltar para casa mudaram durante aquele período", explicou Farmer, "e foi quando meus dois filhos mais velhos e eu decidimos recebê-lo em nossa casa permanentemente". Jeremiah foi definitivamente adotado em 2016.

Paternidade

"A paternidade tem sido tudo o que imagino que deve ser porque eu sou o pai que eu gostaria de ter tido. Estou envolvido, estou lá quando meus filhos vão dormir e quando eles acordam ", disse Farmer. "Sou o maior incentivador enquanto os ajudo a alcançar seus objetivos. Eu tento não perder nada de suas vidas. Eu levo a responsabilidade de ser pai deles muito a sério".

A paternidade ensinou a Farmer que a vida às vezes pode ser bem dura, mas também muito gratificante. Ele ainda admitiu que se surpreendeu com sua capacidade de se manter paciente. Mesmo enquanto seus filhos aprontam a maior bagunça em casa, a qual eles carinhosamente chamam de casa da fraternidade.

"Eles são amorosos, de boa vontade e, às vezes, extremamente pensativos", disse Farmer. "Meus filhos têm muito potencial para causar um impacto positivo neste mundo, só espero que eles percebam  isso e ajam".

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+