Eles acreditavam estar estudando uma múmia de falcão, mas tiveram uma desagradável surpresa
Tempo de leitura:1 Minutos, 32 Segundos

Eles acreditavam estar estudando uma múmia de falcão, mas tiveram uma desagradável surpresa

Pesquisadores do Museu Maidstone, no Reino Unido, iniciaram um projeto em 2016 para escanear sarcófagos de múmias de mulheres e animais. Durante o escaneamento de uma das múmias, que até então os arqueólogos acreditavam se tratar de um falcão, eles descobriram que na verdade a múmia era um feto humano.

Através de exames de tomografia computadorizada, eles descobriram que ao invés da ave, dentro do sarcófago jazia um feto humano natimorto mal formado. O feto era de um menino, entre 23 e 28 semanas de gestação, e segundo os pesquisadores, provavelmente era anencéfalo. Condição rara onde o bebê não desenvolve seu tubo neural durante a gestação.

A tomografia computadorizada

Segundo Andrew Nelson, especialista em múmias da Universidade de Western, no Canadá, os  resultados da tomografia atestaram que a parte superior do crânio não foi formada. Os arcos das vértebras da coluna não se fecharam. Os ossos do ouvido estão posicionados na parte de trás da cabeça. Neste individuo, a caixa craniana nunca se formou e provavelmente não havia cérebro.

No entanto, o resto de seu esqueleto foi bem formado. Os dedos dos pés e das mãos se formaram perfeitamente. Mas seus ossos cranianos não ser formaram onde o cérebro devia estar. “Deve ter sido um momento trágico para a família que perdeu a criança e deu à luz a um feto com aparência muito estranha. Este era um indivíduo muito especial”, comentou Nelson.

Um outro feto anencéfalo mumificado foi descoberto em 1826, e agora, esses dois fetos representam as únicas múmias anencéfalas conhecidas pela ciência. De acordo com os pesquisadores, estudos posteriores poderão fornecer informações importantes sobre a dieta da mãe. Uma vez que o problema pode ser resultado da falta de acido fólico durante a gestação.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.