• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Elon Musk revela quanto custará viajar para Marte

POR Jesus Galvão    EM Ciência e Tecnologia      19/02/19 às 15h51

Aparentemente, as pessoas são bastante fascinadas com a vida em Marte, e o tema já foi retratado no cinema, na música e nos livros. Recentemente, o entusiasta e empreendedor de tecnologia, Elon Musk, afirmou que, na próxima década, muitas pessoas com economias um pouco avançadas, digamos assim, poderão deixar o planeta azul rumo a uma nova vida no planeta vermelho.

Musk, que é diretor executivo da SpaceX, afirmou em sua conta no Twitter que ele está completamente confiante de que os custos para uma pessoa se mudar para Marte custarão menos que 500 mil dólares, e dependendo das condições no futuro, até menos do que 100 mil dólares. Não haveria custos para uma possível viagem de retorno.

A vida no planeta vermelho

Estes números devem mudar, ainda segundo Musk, "de acordo com o volume". A SpaceX trabalha agora para finalizar o Starship, veículo de aço inoxidável totalmente reutilizável e que foi projetado para transportar aproximadamente 100 pessoas para Marte. E se possível até mais além.

Os motores da aeronave serão movidos a oxigênio líquido e metano, o que significa que os humanos poderão criar uma usina em Marte para fabricar mais combustível para poder retornar à Terra. Musk afirmou que "há um caminho" mais barato para a construção da Starship, geralmente, utilizado para enviar satélites para o espaço, com custo estimado em 62 milhões de dólares.

Isso faz parte do plano de Musk para baratear os custos de se mudar para o planeta vermelho e torná-lo o mais atraente possível, uma vez que eles precisarão de muitas pessoas para desenvolver uma colônia sustentável em Marte. Em 2016, Musk disse no Congresso Internacional de Astronáutica que "Marte teria escassez de mão de obra por algum tempo, então os empregos não estarão em falta".

Tornar a vida em Marte atraente significa, para Musk, reduzir o custo de mudança para lá. Nos Estados Unidos, o custo médio de uma casa é de cerca de 200 mil dólares. Caso eles conseguissem aproximar os custos de tal valor, isso aumentaria "a probabilidade de estabelecer uma civilização auto sustentável".

A SpaceX já planeja enviar as primeiras pessoas para Marte em 2024. Toda a viagem terá duração entre três e seis meses. No projeto da nave estelar concebido em 2017, estavam inclusos uma área de carga com 825 metros cúbicos de volume pressurizado e 40 cabines que poderiam acomodar 6 pessoas em cada uma delas.

Aos primeiros visitantes seriam dados o trabalho de implementar sistemas como de reciclagem, energia e mobilidade de superfície. Só depois é que os olhos da companhia se voltariam para a construção das cidades-colônias marcianas. Testes já estão sendo realizados, como o do motor da Starship, o Raptor. Mas, apesar da empolgação do diretor executivo da SpaceX,  a grandiosa ideia de uma cidade habitada em Marte ainda pode levar algum tempo para se concretizar.

O pesquisador da Universidade de Westminster, Lewis Dartnell, contou ao portal Inverse que "provavelmente levará entre 50 a 100 anos" antes que um número suficiente de pessoas se mudem para o planeta e cidades sustentáveis possam ser criadas de forma efetiva e viável.

Próxima Matéria
Via   Inverse  
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+