Em uma floresta tropical no Equador, aranhas 'zumbificadas' estão deixando suas colônias para construir casulos de seda por todos os lugares. E isso está sendo causado por uma espécie de vespas, que está controlando suas mentes. A descoberta foi feita pelos zoólogos da Universidade da Columbia Britânica e o estudo foi publicado na revista Ecological Entomology.

A nova espécie de vespas descoberta, pertencente ao gênero Zatypota, é um ser parasitoide. Elas se utilizam das aranhas para completar seus ciclos de vida, através da manipulação do comportamento delas. A espécie de aranhas que costuma ser escravizada por esta vespa é a social Anelosimus eximius.

A zumbilândia

Publicidade
continue a leitura

Apesar da ideia de aranhas serem sociais soar estranha para nós num primeiro momento, a verdade é que a A.eximius vive em grandes grupos. Elas dividem as tarefas, caçam e muito raramente, se afastam de seus ninhos e colônias. Bom, até que a Zatypota aparecer.

"As vespas que manipulam o comportamento das aranhas já foram observadas antes, mas não em um nível tão complexo quanto este. Essa vespa não está apenas visando uma espécie social de aranha, mas fazendo com que elas deixem sua colônia, o que raramente acontece", disse Philippe Fernandez-Fournier, principal autor do estudo, em um comunicado.

Enquanto observava tais colônias e estudava os parasitas que vivem nos ninhos das aranhas, Fernandez-Fournier percebeu algo muito estranho. As aranhas estavam vagando sozinhas e construíam pequenas estruturas de seda nas folhagens que se pareciam com casulos.

Publicidade
continue a leitura

O homem então observou o que surgiria de tais casulos e, para sua surpresa, não foi uma aranha. Se você está pensando em uma vespa, você acertou. A equipe do pesquisador foi então em busca de compreender o estranho ciclo de vida de tal vespa.

Primeiramente, uma fêmea adulta põe um ovo no abdômen da aranha. A larva se choca e gruda na aranha. Ela então ira se alimentar do sangue do aracnídeo e pode assumir o corpo da aranha, em uma especie de 'zumbificação'. A aranha então cria um casulo, enquanto a larva continua a se alimentar da aranha até que ela morra e ela possa entrar em seu casulo novo e confortável. Cerca de 9 a 11 dias depois, nasce uma vespa para iniciar novamente tal ciclo.

Publicidade
continue a leitura

“Essas vespas são muito elegantes e graciosas. Mas, então, elas fazem a coisa mais brutal”, disse Samantha Straus, coautora do estudo. Os cientistas não sabem bem como as vespas controlam o comportamento das aranhas, no entanto, eles acreditam que isso possa ser causado por uma "injeção" de hormônios gerando tal alteração no comportamento.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Publicado em: 28/11/18 19h00