CuriosidadesEntretenimento

Essa mulher resgatou mais de 350 gatos em apenas 2 anos

0

Acreditamos que todo mundo gosta de animais de estimação. Se não tem, provavelmente sonha em ter um algum dia e desenvolve um amor além da conta por eles. Gatos e cachorros são os mais comuns, porém não se limita a eles apenas. Há uma vasta lista do que podemos ter em casa e vai do gosto de cada pessoa para adotar o seu como um amigo.

É um assunto muito necessário qualquer um que envolva animais, ainda mais quando retrata a superação de alguns e boa vontade de alguém que os ajuda. Aqui mesmo no Ultra Curioso você já deve ter percebido a quantidade de matérias a fim de enaltecer uma prática tão humana e digna de aplausos. Você pode conferir com as seguintes matérias:

Pitbull é resgatado e não para de sorrir; seu dono resolve homenageá-lo de uma forma incrívelEsse pássaro perdeu todas suas penas e as pessoas fizeram uma coisa incrível por eleEsse homem dedica a sua vida em adotar animais que ninguém querMulher recusa a se casar sem seu convidado de honra: o próprio cachorroConheça o cachorro que viajou 1.400 km para reencontrar seu dono.

Entre tantas histórias, resolvemos trazer para vocês que são, assim como nós, Ultra Curiosos, a linda atitude de Zanda Indriksone. Essa garota dedica a sua vida para salvar gatinhos abandonados que ela encontra na rua. Ela afirma que não consegue nem mesmo ir na esquina e deixar algum que ela presencia abandonado por lá mesmo.

Hoje ela não está sozinha nisso e há um grupo que se solidarizou com essa atitude e oferecem lares temporários para eles, até que possam encontrar alguém que queria queira adotar algum deles. Zanda afirmou que o primeiro passo quando encontra algum animalzinho desses jogado por aí é levá-lo ao veterinário para checar o seu estado de saúde e que possa determinar a idade dele através de exames e cuidados médicos.

O tempo que esses gatos permanecem nos seus lares permanentes depende da condição de saúde do mesmo. Ela diz que uma vez chegou a permanecer com o mesmo animal 1 mês inteiro devido as complicações na saúde dele, ou seja, o animalzinho não estava nada saudável e ela não poderia passar ele adiante nessas condições.

Atualmente a garota se tornou membro da organização voluntário sem fins lucrativos de proteção aos gatos, chamada de Cat Care. A comunidade está construindo casas de madeira para os gatos desabrigados e sem teto que vivem nas ruas de Riga e outras cidades próximas de Letónia.

Realmente esse número é muito alto para uma pessoa só e para o pouco tempo. Isso nos leva a crer ainda mais na bondade humana e perceber que ainda existem pessoas capazes de mudar o mundo apenas fazendo o bem. Sem cobrar, sem olhar a quem, apenas fazendo algo por algum ser vivo próximo.

E aí, o que você achou dessa atitude da garota? É realmente uma coisa linda, né? Você gosta de gatos, tem um gatinho em casa? Mostra pra gente aí em baixo e compartilhe essa matéria com aquele seu amigo que é apaixonado por felinos. Lembrando que o seu feedback é muito importante pois nos ajuda a crescer e melhorar cada dia mais, além de nos fazer trazer sempre o melhor conteúdo para os mais diversos tipos de leitores aqui do Ultra Curioso.

7 melhores histórias pós-apocalípticas do universo da DC

Matéria anterior

Millie Bobby Brown, a Eleven de Stranger Things, quer interpretar grande ícone nerd

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos

Você também pode gostar