• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Essas são as mudanças que acontecem no seu corpo a cada 10 anos

POR Jesus Galvão    EM Curiosidades      25/02/19 às 18h09

Todos os dias, o corpo humano sofre mudanças, mesmo que elas sejam microscópicas. Ao longo de nossas vidas, experienciamos diversas coisas que definitivamente influenciam em nosso organismo e sobre quem somos como pessoas. No entanto, muitas dessas mudanças só percebemos com o tempo, muitas vezes, quando já estamos bem mais velhos, uma vez que confiamos na juventude eterna e não tomamos precauções para envelhecermos bem.

Pensando nisso, hoje, trouxemos para vocês, algumas das mudanças que vão ocorrendo em nosso corpo ao longo das décadas, incluindo algumas dicas que podem te ajudar a envelhecer com mais saúde e disposição. Confira!

Dos 20 aos 30 anos

Nessa fase, muitos de nós, repletos de juventude, sequer nos lembramos que um dia dia iremos envelhecer. Mas nesse período de nossas vidas, algumas mudanças, mesmo que pequenas, acontecem em nosso corpo. Nossos ossos param de crescer, a produção de colágeno começa a diminuir e os dentes sisos aparecem. Obviamente, o tempo para cada uma dessas coisas acontecerem é diferente para cada pessoa.

Algumas pessoas têm os dentes sisos apontando, por exemplo, aos 16 anos e algumas sequer os possuem. No entanto, na maioria dos casos, esses processos são bem semelhantes. Algumas dicas são cuidar de sua alimentação, evitar fast foods e ingerir alimentos que ajudem o seu organismo equilibrar o colágeno devido a perda natural do mesmo.

Dos 30 aos 40 anos

Apesar de que, aos atingirmos os 30 ainda parecermos ter 25, dentro de nós as coisas podem estar mudando a passos largos e isso requer alguma atenção. Algumas das alterações que nosso corpo pode experienciar nessa faixa é a diminuição do tônus muscular, uma redução no tecido muscular que pode ser substituído por gordura. Além de uma diminuição ainda mais acentuada do colágeno e da elastina.

Uma boa dica é a prática de exercícios físicos. Caso você leve uma vida sedentária, seu tônus muscular em algum momento lhe evidenciará que as cosias não estão indo muito bem. Cuidar da pele e evitar a exposição solar sem proteção também são de suma importância para sua saúde.

Dos 40 aos 50 anos

Segundo alguns cientistas, o corpo humano atinge seu ápice de desenvolvimento aos 38 anos. Após esta idade é que o verdadeiro envelhecimento começa a ocorrer. As mudanças acontecem muito mais rapidamente e elas incluem: diminuição no número de células nervosas, acúmulo de gordura no corpo, piora na visão, aumento na fragilidade dos ossos e das articulações. Com as mulheres ainda ocorre a perda do estrogênio e o aumento da pressão arterial.

Para evitar tais problemas, mais uma vez, as atividades físicas são vitais. Os exercícios ajudarão no objetivo de fazer nosso coração funcionar normalmente, além de diminuir a perda de tecido muscular. Se você não for alguém muito adepto aos esportes, comece fazendo pequenas caminhadas e passeios no parque, por exemplo. O monitoramento da pressão arterial é muito importante nesse período, uma vez que doenças cardiovasculares aumentam drasticamente nesta fase.

Dos 50 aos 60 anos

Quando atingimos os 60 anos de idade, nossa aparência muda drasticamente. Isso ocorre não somente pela genética, mas também pelos hábitos que cultivamos ao longo da vida, como os condicionamentos alimentares, atividades físicas, entre outros. Algumas das mudanças que ocorrem nessa fase da vida, também se nota um aumento nos riscos de problemas gástricos, danos permanentes nas células cerebrais e de todo o corpo em geral, além de uma piora na memória.

Nesta fase, grande parte das mudanças estão relacionadas com as funções cerebrais e devemos prestar atenção nelas. Este é um bom momento para treinarmos novas habilidades, ler mais e praticarmos atividades fora de nossa zona de conforto. Alimentos e medicações que melhorem a função cerebral podem se fazer necessários.

Dos 60 ao 70 anos

Mudanças físicas são absolutamente óbvias nessa fase de nossas vidas. Porém, existem diversas mudanças internas ocorrendo e que poucos de nós percebem. Os receptores nervosos e gustativos, por exemplo, podem não funcionar tão bem quanto antes. Provar alimentos, os cheiros e até mesmo a temperatura das coisas podem ser realizados de maneira bem distintas.

A voz da pessoa muda, sua função cardíaca diminui e seus ossos ficam mais finos. Algumas pessoas podem até mesmo ficar menores conforme envelhecem. O monitoramento da atividade cardíaca, visitas regulares ao médico e uma dieta rigorosa podem te ajudar a levar uma vida mais leve e saudável. Atividades físicas regulares também são importantes para manter os músculos tonificados.

A partir dos 70 anos

Muitos chegam aos 70 anos parecendo ser muito mais jovens. No entanto, o processo de envelhecimento a partir dessa idade se torna ainda mais intenso. Algumas das mudanças incluem a diminuição da massa muscular, assim, coisas que costumávamos fazer com mais agilidade nos deixam mais cansados e levam mais tempo. Uma diminuição no volume de gordura no corpo também pode ocorrer.

O organismo leva muito mais tempo para regenerar danos. Cortes na pele, por exemplo, vão levar muito mais tempo para cicatrizar do que em pessoas de outras idades. A respiração se torna mais lenta, bem como a digestão, entre outras funções. A memória de curto prazo também pode ser afetada.

Algumas mudanças em nosso corpo são inevitáveis, mas levar uma vida mais saudável e equilibrada pode fazer com que elas sejam retardadas e mais sutis. Cuidar bem do nosso corpo ao longo da vida é a chave para uma velhice mais tranquila e confortável.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+