Mundo Animal

Esse questionário pode mostrar se seu gato é psicopata

0

Os gatos foram domesticados pelo homem há milhares de anos. Desde então, essa parceria de sucesso se tornou cada vez mais forte. Estes animais super inteligentes, segundo os cientistas, possuem estrutura de memória muito semelhante à nossa. Isso faz com que as atitudes de um gato, às vezes, possam ser feitas de caso pensado.

Quem tem um gato já está acostumado com as peculiaridades desse animal. Ainda assim, com certeza o pensamento de “o que exatamente meu gato está pensando?” já passou pela cabeça dos donos desse animal.

Tendo isso em mente, cientistas fizeram um questionário que pode dar uma ideia de onde seu animal de estimação se encaixa no que se conhece como modelo triarcal de psicopatia.

Gato

News week

Esse modelo mede os níveis de ousadia, mesquinhez e desinibição para avaliar tendências psicopáticas gerais. Geralmente, esse teste é feito com humanos. Mas, nesse caso em específico, ele está sendo aplicado aos gatos.

Se você é um dono de gato e quer fazer esse teste com seu animal, você pode encontrá-lo online. Nele, você irá receber o chamado de medida CAT-Tri+ para o nível de psicopatia do seu animal de estimação. Com isso, os pesquisadores esperam que uma vez conhecendo a pontuação, a relação entre humanos e gatos possa melhorar.

“Nossos gatos e as diferenças em suas personalidades nos inspiraram a iniciar essa pesquisa. Pessoalmente, também estou interessada em como as percepções do dono da psicopatia em seu animal podem afetar a relação entre eles. Meu gato Gumball tem uma pontuação relativamente alta na escala de desinibição. O que significa que ele pode ser bastante vocal em busca de proximidade e excitável”, disse a psicóloga Rebecca Evans, da Universidade de Liverpool, no Reino Unido.

Teste

Humam society

No questionário, é pedido informações sobre o quão aventureiro é o gato ao explorar, como ele reage ao perigo, como ele responde a outros gatos e se ele precisa ou não de estimulação constante. Além de saber se ele segue bem as regras da casa.

Junto a esses pontos, outros comportamentos, como mudanças repentinas de humor, agressão a novas pessoas e reações a ser acariciado, também são perguntados. Em cada um desses casos, o dono pode marcar seu animal em uma escala de “não descreve meu gato” a “descreve meu gato extremamente bem”.

Fatores que medem a hostilidade aos humanos e aos animais de estimação também são incluídos no teste. Tudo para que a relação do bichano com o dono seja entendida da melhor forma.

Ao todo são 46 respostas para que se calcule a pontuação no CAT-Tri+. Nos humanos, a psicopatia geralmente é caracterizada pela falta de empatia e uma tendência a manipular aos outros.

“É provável que todos os gatos tenham um elemento de psicopatia, pois isso teria sido útil para seus ancestrais em termos de aquisição de recursos. Por exemplo, comida, território e oportunidades de acasalamento”, disse Evans.

Objetivo

Comfortzone

O objetivo do estudo é dar aos donos uma melhor compreensão de seus gatos. Os que pontuam mais alto em ousadia, por exemplo, podem se beneficiar em ficar mais tempo arranhando coisas ou escalando obstáculos.

Para se chegar nesse relatório final, os pesquisadores analisaram a relação entre 2.042 donos de gatos e seus animais. Nesse sentido, eles também foram capazes de descobrir alguns padrões dos voluntários que já responderam às perguntas.

“A desinibição e a hostilidade do animal de estimação previram uma relação de melhor qualidade com o dono do gato. A mesquinhez e a ousadia previram uma relação de qualidade inferior”, concluíram os pesquisadores.

Fonte: Science Alert

Imagens: News week, Human society, Comfortzone

Confira os indicados ao Globo de Ouro

Matéria anterior

Celebridades que interpretaram pessoas famosas e conheceram seus personagens na vida real

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos