Curiosidades

Fiat 147 zero km é achado após 35 anos parado em galpão na Argentina

0

Um fazendeiro da Argentina tinha um tesouro no galpão de sua propriedade mas não sabia. Tratava-se de um clássico Fiat 147 com apenas 702 km rodados, quilometragem essa que costuma vir de fábrica.

Sendo assim, um apaixonado por carros antigos comprou o veículo e registrou a operação de resgate em sua conta @Kaskote no Instagram. Apesar da grandeza do achado, esta não é a maior descoberta do colecionador residente em Buenos Aires.

Fonte: Reprodução

Operação Fiat 147

A princípio, um restaurador de veículos estava fazendo aquilo que mais gosta: encontrar raridades automotivas. Então, ele recebeu informações de que havia uma relíquia muito valiosa no galpão de uma fazenda.

Imediatamente, ele se dirigiu ao local e negociou a compra com o fazendeiro, dono da propriedade. Em síntese, o carro era um Fiat 147 que acabou de sair da fábrica, mas não foi para as ruas. Em terras argentinas, a produção desse modelo se deu de 1982 até 1996, registrando uma descontinuação entre 1990 e 1993.

De início, a ideia dessa linha era trazer uma versão mais moderna do Fiat Concord. Portanto, lançaram mão de um veículo de 62 cavalos de potência com motores maiores, mas foi seu “primo” que ganhou o mercado quando surgiu em 1984. Era o Fiat 147 Spazio, com as mesmas capacidades de motor só que com faróis grandes, junto com a famosa grade nos para-choques.

Fonte: Car.Blog.Br

É justamente essa a linhagem que o colecionador argentino encontrou conservado e com um motor 1.1 (também havia 1.3). Esse modelo teve uma pausa na produção em 1990, voltando à fabricação 3 anos depois com o nome Fiat 147 Vivace. Em território argentino, a linha teve seu fim definitivo  em 1996.

Enquanto isso, no Brasil, o Fiat 147 foi o primeiro veículo da marca com fabricação aqui. Todavia, diferente da Argentina, sua produção durou somente até 1986, o que torna o automóvel ainda mais visado pelos colecionadores brasileiros.

Caçador de relíquias

O homem que encontrou essa relíquia é dono de uma restauradora com nome Kaskote Calcos. Em 2020, a empresa ganhou fama após colocar à venda um Fiat Tempra, um Fiat Uno, um Alfa Romeo 33, um Alfa Romeo 133 e um Peugeot 145. Nesse sentido, o detalhe é que todos os carros possuíam mais de 30 anos de existência e estavam com zero km rodados.

Dessa vez, as antiguidades chegaram até as mãos do homem através de um dono de terreno que queria dar um destino aos carros que estavam no espaço. No lugar em questão, funcionava a Ganza Sevel, uma concessionária que vendia os carros produzidos pela Sevel. Esta era uma empresa que tinha licença para produzir carros da Fiat, da Peugeot e da Alfa Romeo dentro do território argentino.

Fonte: Argentina Auto Blog

Entretanto, o pai e o filho que gerenciavam essa concessionária faleceram e, assim, o negócio perdeu cada vez mais força. Como resultado disso, não restou outra alternativa a não ser fechar o empreendimento.

Posteriormente, o terreno da loja foi vendido, mas o novo dono não se atraiu muito pelas relíquias que estavam no seu quintal. Por isso, o proprietário da Kaskote chegou com tudo para comprar os carros, restaurar, higienizar e colocar à venda.

Os automóveis ficaram à venda em lotes na Kaskote e é provável que a empresa encontrou um comprador para essas relíquias. Afinal, eles não iriam fazer essa operação de resgate de novo dois anos depois se a ação desse prejuízo, certo?

A propósito, um achado parecido com esse aconteceu no Vale do Taquari, no interior do Rio Grande do Sul. Lá, funcionava a concessionária Estrela, a qual esteve em atividade entre 1969 e 1990. O proprietário da loja, Otmar Walter Essig, manteve seus itens de vitrine intactos. Ou seja, hoje, você pode entrar lá e conferir no showroom modelos como Fusca, Quantum e Santana.

Fonte: Notícias Automotivas

Fonte: UOL.

Fóssil do maior megaraptor é descoberto no sul da Argentina

Matéria anterior

Conor McGregor exibe iate da Lamborghini que custou 16 milhões de reais

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos

Fatos Desconhecidos Nós gostaríamos de enviar notificações dos últimos conteúdos e atualizações que fazemos.
Dismiss
Allow Notifications