Notícias

Macaco é flagrado ‘amolando’ faca em prédio no centro comercial em Piauí

0

O macaco é um animal inteligente, parente da nossa espécie e que carrega muitas características iguais. No entanto, ninguém imaginava que iria presenciar a cena de um macaco carregando uma faca em um prédio comercial de Corrente, no Sul do Piauí.

Essa cena foi registrada por um morador, que conseguiu capturar o animal aparentemente afiando a faca. Assim, de acordo com o morador Alessandro Guerra, o macaco está no local há uma semana, invadindo as casas e os estabelecimentos. Vale destacar que a cidade não possui Batalhão Ambiental, então os próprios moradores estão estudando uma forma de pegar o animal.

“Ele destelha as residências, pega as caixas de sabão e biscoito, além de roupas. Faz uma verdadeira bagunça”, contou Alessandro. Desse modo, o secretário municipal do meio ambiente, Rhiomar, informou que já tomou conhecimento do caso.

No entanto, a responsabilidade para capturar o macaco seria do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), que não comentou o caso.

Macaco mascote do narcotráfico morre em tiroteio

Macaco El Changuito

Reprodução/Redes Sociais

Você já deve ter ouvido falar de cachorros mascote de resgates em incêndios ou mascotes de narcotráfico, mas já ouviu falar de um macaco? Infelizmente, um tiroteio intenso entre uma facção do narcotráfico e policiais mexicanos vitimou pelo menos 11 pessoas e um macaco.


Apesar do colete à prova de balas, a perda do macaco, que era mascote de um líder da quadrilha, foi sentida. Portanto, o animal recebeu homenagens na internet que viralizaram nas redes sociais.

Assim, o macaco-aranha chamado de El Changuito nasceu no ano passado. Ele era pet de um traficante, de 20 anos, pertencente do grupo criminoso conhecido como La Familia Michoacana. O jovem, tutor do animal, também faleceu no confronto, que ocorreu na região de Texcaltitlan, no sul do México.

De acordo com o site Mexico Daily Post, dez homens morreram no local, um faleceu no hospital e mais dez foram presos na operação. Já três seguem internados.

Estranhamente, usuários compartilharam as imagens de El Changuito ao ponto dele ficar conhecido nacionalmente. Tanto que o sucesso das imagens do macaco fez até os policiais da Guarda Nacional do México irem a público para confirmar que elas são reais.

Macacos assaltantes na Índia

Reprodução/Redes Sociais

Já na Índia, os macacos estão fora do controle. Como menos humanos estavam ocupando as ruas, eles se proclamaram donos e ficaram livres para agirem como se fossem mafiosos. Recentemente, macacos roubaram três amostras de sangue infectados com coronavírus.

Dessa forma, o crime aconteceu no Meerut Medical College, em Uttar Pradesh, na manhã do dia 29 de maio. De acordo com o técnico que agora pode se considerar vítima de roubo de macaco, tudo ocorreu muito rápido.

Isso porque ele conta que estava carregando as amostras de sangue contaminadas com coronavírus em um dos pátios do hospital, quando, de repente, elas foram surrupiadas pelo macaco.

O que é realmente estranho é que ele conseguiu capturar filmagens do macaco na árvore, com as amostras. Ele estava fazendo algo chocante: mastigando e derramando o conteúdo das amostras.

Assim sendo, aqueles que vivem próximo do hospital temem que os macacos podem até ser vetores do coronavírus. Porém, macacos podem contrair o vírus?

Acontece que ainda não temos certeza sobre o caso. Porém, até o momento, não existe indícios de que eles podem. Então, os moradores de Uttar Pradesh podem experimentar um pouco de paz, pelo menos por enquanto, e preocupar apenas com a transmissão via contato humano.

Assim, para evitar o contágio, é necessário manter as mãos limpas, evitar contato com narinas, olhos e boca sempre que possível e manter uma distância de dois metros das pessoas. Além disso, é importante usar máscara e evitar locais fechados.

Fonte: G1

Quando o ‘desabafo’ vira demissão? Veja os cuidados ao postar nas redes

Matéria anterior

Carro da Tesla pega fogo após três semanas parado

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos