Curiosidades

Mulher alega que sua filha adolescente, na verdade, tem 22 anos, entenda

0

Kristine Barnett, de 45 anos, e Michael Barnett, de 43, estão sendo acusados de abandonar a filha adotiva, Natalia Grace, de 10 anos. O motivo? Em suma, Kristine Barnett afirma que a menina, além de não ter exatamente a idade que aparenta, é um sociopata de 22 anos que tentou matar sua família.

Sim, já vimos esse enredo. A mesma trama ilustra o famoso filme de terror americano A Órfã. Produzido em 2009, o filme conta a história de um casal que, após passar por uma experiência traumatizante, decide adotar a pequena, Esther. Porém, na trama, Esther, que é interpretada por Isabelle Fuhrman, na verdade, é uma adulta de 33 anos que sempre se passa por criança. O propósito? Matar as famílias que a adotam.

O caso

De acordo com informações divulgadas pela imprensa, o casal americano deixou Natalia Grace, que tem nanismo, em um apartamento nos Estados Unidos. Após abandonar Grace, o casal se mudou para o Canadá. O caso ocorreu em 2013. Entretanto, somente agora veio à tona, quando o casal foi acusado de negligência e ganhou as manchetes dos jornais.

Natalia foi adotada em 2010. Segundo o The Sun, a médica que a examinou na época afirmou que a garota ucraniana tinha oito anos. Os Barnetts, que atualmente já nao estao mais juntos, mudaram legalmente a idade da filha para 22 em 2012. Foi somente após mudar a idade de Natalia que o casal se mudou para o Canadá.

Depois de ser acusada de negligência, Kristine alegou que Natalia, além de ter mentido, tentou matá-la. Ainda de acordo com Kristine, a filha adotiva havia ameaçado esfaquear o casal, enquanto dormiam. Kristine afirma também que Natalia havia feito outros tipos de ameaças.

Em entrevista ao Daily Mail, Kristine disse que Natalia fazia declarações e fazia desenhos dizendo que queria matar membros da família, enrolá-los em um cobertor e colocá-los no quintal. “Ela ficava de pé sobre as pessoas no meio da noite. Você não conseguia dormir. Tivemos que esconder todos os objetos afiados”, completou.

“Eu a vi colocando produtos químicos, como água sanitária, no meu café e perguntei: ‘o que você está fazendo?’ Ela disse: ‘Estou tentando envenenar você’”, afirmou Kristine. Em uma entrevista à WISH-TV, Kristine afirmou que Natalia foi diagnosticada como psicopata e sociopata.

Kristine segue afirmando que Natalia era adulta e não era criança quando foi adotada. Ainda, de acordo com Kristine, a filha adotiva havia escondido o fato de que já menstruava, tinha dentes adultos e pelos pubianos completos.

Os médicos

Os médicos examinaram Natalia e concluíram que ela é vítima de uma doença psicológica grave, que pode ser diagnosticada apenas em adultos. Kristine alega também que a doença levou Natalia a pular de carros em movimento e a espalhar sangue por espelhos.

Em suma, Kristine afirma que o casal resolveu “corrigir” a idade da filha, após um médico afirmar que o ano de nascimento (2003) estava errado. Natalia sofre de uma forma rara de nanismo. Analogamente, a menina tem um metro e meio de altura e problemas para caminhar. Por causa de sua condição, os médicos não conseguiram determinar sua idade.

Morsas aparentemente atacaram e afundaram um navio russo

Matéria anterior

7 cenas de filmes que causaram problemas judiciais

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos