YouTube

O que acontece com o corpo quando você para de consumir bebidas?

0

A maioria das pessoas realmente adora “tomar umas” com os amigos. Seja aqueles que exageraram nas bebidas ou os que bebem socialmente. E claro, tem também os que nem gostam de bebida. Mas a certeza que temos é que a maioria das pessoas, quando vão festejar ou comemorar alguma coisa, gostam de tomar bebidas alcoólicas. Vão desde uma cervejinha, até mesmo a algo mais pesado, como vodca, por exemplo.

O consumo dessas bebidas pode até ser bom, mas o excesso de álcool pode causar vários problemas à saúde. Ele pode provocar diversos efeitos na região cerebral, como alterações nas áreas responsáveis pela memória. O álcool também aumenta o risco de câncer nas regiões que entram em contato com as bebidas alcoólicas, como boca, laringe, faringe e esôfago.

No sistema digestório, o estômago pode sofrer erosões devido ao álcool desenvolver gastrites. Mas é o fígado um dos órgãos mais afetados pelo álcool, podendo acarretar inflamações, hemorragias, hepatite alcoólica e cirrose. Além de todos esses problemas, as bebidas alcoólicas em excesso e de forma contínua podem provocar inflamação no pâncreas. Essa inflamação, chamada pancreatite, destrói o tecido pancreático e, desta forma, também as células que produzem insulina, levando a diabetes.

Consumo

Hospital Santa Mônica

Claro que todos esses problemas não foram colocados aqui para assustar as pessoas, mas sim para mostrar o que o excesso dessa substância pode fazer com o corpo.

Agora, se o excesso de bebidas alcoólicas pode fazer tanto dano ao nosso corpo, o que será que a sua falta faz? Da mesma forma que as bebidas podem prejudicar alguém, ficar sem beber também tem consequências.

Sabemos que todos vocês são extremamente curiosos, assim como nós e por isso querem sempre saber mais sobre determinado assunto. Se você se interessou e quer saber mais, veja esse vídeo que fizemos no nosso canal do Youtube a respeito disso.

Imagem: Hospital Santa Mônica

Cientistas dizem que estamos vivendo uma ”epidemia” de miopia

Artigo anterior

Por que os olhos tremem às vezes?

Próximo artigo