• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

O que aconteceria se você parasse no tempo?

POR Jesus Galvão    EM Experiências      24/09/18 às 17h55

Apesar de não tão comum quanto a viajar no tempo direto para o passado ou futuro, parar no tempo também é algo que já foi explorado pelo criativo universo das ficções científicas. Dr. Estranho e Hiro Nakamura, da série de TV 'Heroes', são alguns exemplos de personagens capazes de tal habilidade.

Mas você já parou para pensar no que aconteceria se pudéssemos de fato parar o tempo na vida real? Bom, apesar de não podermos exatamente mensurar os efeitos disso na prática, sem dúvida alguma a ideia pode nos ajudar a entender um pouco sobre física.

O congelar

Primeiro precisamos entender o que seria de fato esse 'parar no tempo'. Se parar o tempo é congelar o tempo e o espaço, isso não seria de fato muito útil, uma vez que tudo estaria estagnado. Agora, caso parar o tempo signifique que tudo ao seu redor estará estagnado, mas você pode se movimentar, as coisas podem ser mais interessantes.

No entanto, precisaríamos receber algumas concessões. O físico Sean Carroll escreveu em seu livro From Eternity to Here, que caso isso fosse possível, teríamos que considerar cada molécula de fluido e ar dentro de nosso corpo. Se uma pessoa, em um congelamento do tempo, pode se movimentar, então teríamos que assumir que todas as moléculas dentro dela também poderiam.

"Mas se o ar no resto da sala realmente parou de experimentar o tempo, cada molécula deve permanecer suspensa precisamente em seu local atual. Consequentemente, a pessoa seria incapaz de se mover, presa em uma prisão de moléculas de ar rigidamente estacionárias", escreveu Carroll.

Bom, isso de fato não funcionaria. Dessa forma, imaginemos que o tempo continue fluindo para as moléculas dentro do corpo da pessoa que está experienciando o tempo imóvel. Nesse momento ele poderia fazer o que quisesse uma vez que tudo congelou? A resposta continua sendo: não!

O efeito das ondas

Isso porque a luz e os sons, como os conhecemos, viajam de acordo com suas respectivas propriedades. Partículas de luz, chamadas de fótons, estão viajando na velocidade da luz até seus olhos para que você possa ler esta matéria, enquanto o sons estão viajando até seus ouvidos através do ar em ondas para vibrar em seus tímpanos de modo que você consiga identificá-los e interpretá-los.

Caso o tempo parasse, a luz e o som também parariam, resultando em uma pessoa "cega e surda" durante este período de congelamento. Em um vídeo produzido pelo canal do YouTube Play NogginJulian Huguet chegou a conclusão de que na verdade tudo levaria um pouco mais de tempo.

"Fótons viajando na velocidade da luz obtêm suas próprias regras especiais. Eles não experimentam nenhum tempo ou distância tanto quanto sabem, apenas são emitidos e absorvidos". afirmou Huguet. E isso significa que os fótons que já foram emitidos por uma lâmpada, por exemplo, continuariam viajando, mesmo que o mundo ao seu redor estivesse parado.

Ou seja, dependendo de onde você se encontra, você ainda pode ter um período onde a luz ainda lhe permitiria enxergar, e isso pode variar de uma fração de segundos até cerca de 8 minutos. O que continuaria não sendo de grande valia, uma vez que quando pensamos em parar o tempo, no mínimo gostaríamos de experienciar as coisas de uma forma mais completa. Certo?

A velocidade do tempo

E se apenas diminuíssemos a velocidade do tempo? Aparentemente, isso também não funcionaria. As ondas eletromagnéticas (luz) e as ondas de pressão (som) seriam recebidas em um frequência muito baixa. Você provavelmente não conseguiria ouvir algo devido a baixa frequência que estaria fora do alcance da audição humana.

A luz em baixa frequência, mesmo que lhe alcançasse, seria basicamente invisível aos olhos, como acontece com o infravermelho, microondas e o reino das ondas de rádio. Carroll porém, possui uma solução para isso. Basta usar uma luz com comprimento de onda mais rápido sobre o que você deseja ver.

"Talvez os raios X fossem um desvio para o vermelho para comprimentos de onda visíveis. Mas, emissores de raios X são difíceis de encontrar", escreveu o físico. Sem falar que sair por aí usando raios x e gama não é algo muito saudável. E isso nos faz crer que talvez parar o tempo seja mesmo algo apenas para o universo das ficções científicas.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você


Fatos + Deezer (Podcast)

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+