• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

O reservatório nuclear da Montanha Yucca, feito para durar 10 mil anos

POR Pietro Bottura    EM Sem categoria      20/11/14 às 18h48

Você pode até não saber, mas durante a Guerra Fria, os EUA fizeram todo tipo de plano mirabolante que pode ser imaginado. Entre eles, o de armazenar em uma montanha toneladas de lixo radioativo. O plano, faraônico, tinha como meta construir um local para abrigo de resíduo tóxicos que durasse até 10 mil anos.

A angariação de fundos se deu através da cobrança de 1 centavo, na conta de luz, de todos os americanos, o que gerou verbas mais do que suficientes, em 1983, para cavar o complexo de túneis e tubos metálicos na montanha Yucca, em Nevada (EUA). A quantia, de U$ 30 bilhões, foi aplicada e a inauguração aconteceu em 31 de janeiro de 1998, com o nome oficial de "Repositório de Lixo Nuclear de Yucca Mountain".

Estilo Brasil

20122324079297

Apesar disso, o projeto original prometia 65 km de túneis, e somente 8 foram escavados. Como dá pra imaginar, isso gerou revolta e várias capas de revistas, que traziam manchetes como "o depósito nuclear que nunca existiu".

O mais interessante é que os estudos do local também trabalhavam com comunicação com sociedades e humanos do futuro, que poderiam se deparar com o local sem saber do que se tratava, e sofrer consequências mortais. Por isso, foi criado um grupo, batizado de "Interferência Humana", que era composto por profissionais da Arqueologia, Línguas e Comunicação Não-Verbal, além de engenheiros. Seu objetivo? Evitar que seres e sociedades do futuro violassem o depósito nuclear, que era feito para durar 10 mil anos - o tempo que a nossa civilização, em si, existe.

A conclusão deles era de que a melhor forma era deixando corpos em volta do local, criando lendas, mitos e folclores sobre a montanha. O mais importante, para eles, não era necessariamente dizer que lá haveria radiação, e sim uma ameaça, perigo.

Atualmente

20122417791299

Espera-se que com sua construção, sejam evitados casos como o da Reserva Nuclear de Hanford, que foi abandonado e hoje é usado para abrigar 56 milhões de litros de material radioativo, em 200 tanques de aço enterrados.

Esse material, derivado do plutônio utilizado pelos EUA para a construção de bombas atômicas durante a Guerra Fria, deveria ter sido tratado e isolado do local misturando-o a vidro, mas nada disso foi feito. Estima-se que até 2020 a construção do Reservatório seja concluída, mas essa não é a primeira vez que esse tipo de promessa é feita e não cumprida. Nós, brasileiros, sabemos bem como funciona, né?

 

E se você acha que isso é o pior que já aconteceu nos EUA, dê uma olhadas nessas listas.

Próxima Matéria
Pietro Bottura
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+