Curiosidades

O ritmo universal dos humanos foi encontrado em um primata pela primeira vez

0

Em suma, os humanos parecem ter um senso de ritmo que é inato. Visto que, em todas as culturas, o humano cria uma variedade de instrumentos percussivos para serem usados em vários contextos sociais. Além disso, também se usa o próprio corpo como um instrumento através de batidas, danças e vocalização.

Ademais, essa percepção de ritmo dos humanos parece estar relacionada, de forma íntima, com a sua experiência de tempo. Até porque, os humanos são capazes de antecipar quando o próximo batimento vai cair.

Nesse interim, os estudos que investigaram os limites dessa capacidade humana de antecipar uma batida mostraram que, se o tempo entre elas for maior que três segundos as pessoas começam a se esforçar para localizá-las com precisão.

E quais são as origens dessa tendência de ritmo? Uma forma de se ver esse ponto é observando o ritmo e como ele se expressa em outras espécies. Principalmente nos parentes primatas mais próximos. E foi exatamente isso que o novo estudo fez.

“A busca por características musicais em outras espécies nos permite construir uma ‘árvore evolutiva’ de características musicais e entender como as capacidades rítmicas se originaram e evoluíram nos humanos”, disse Andrea Ravignani, co-autora do estudo.

Ritmo


Os pesquisadores queriam, antes de tentar identificar o ritmo nos primatas, reconhecer as características universais do rimo entre as culturas nos humanos.

“Um desses universais é a produção de ritmos categóricos, definidos como aqueles em que os intervalos temporais entre o início das notas são distribuídos de forma categórica em vez de uniforme”, escreveram os pesquisadores.

Dentre as categorias rítmicas em humanos estão os intervalos relacionados por proporções inteiras menores, como 1: 1 (isocronia) e 1: 2. São neles que algumas notas são duas vezes mais longas do que as adjacentes.

Esses ritmos categóricos foram identificados anteriormente no canto dos pássaros. Contudo, para entender melhor o desenvolvimento e percepção não humanos, os pesquisadores se voltaram para os mamíferos cantores como sendo um grupo de espécies promissor para serem observados. Principalmente por conta da sua proximidade genética com os humanos.

Estudo

Um desses grupos de mamíferos cantores é o indri. Ele é uma espécie de lêmure conhecida por sua estrutura relativamente grande e sua pelagem preta e branca. Os pesquisadores passaram 12 anos gravando canções de 20 grupos de indri, sendo ao todo 39 criaturas.

Essas gravações foram uma amostragem de cerca de 1% da população geral dessa espécie. E as gravações foram feitas no habitat natural dos indri, as florestas tropicais de Madagascar.

Então, os pesquisadores tiraram características temporais das canções dos indris e analisaram os intervalos de notas e suas proporções. Com isso, eles descobriram que essas canções combinavam com duas categorias de proporção rítmica: 1: 1, semelhante ao ritmo de um metrônomo; e 1: 2, uma proporção inteira fundamentalmente pequena.

Observações

“Isso fornece evidência direta para um universal musical, ritmos categóricos. As proporções de pequenos inteiros, caindo em 1: 1 e 1: 2, são exatamente aquelas esperadas para a produção de batida e subdivisões métricas binárias; ambos são aspectos raros da musicalidade humana em outras espécies”, explicaram os pesquisadores.

E por que outro primata, como o indri, deve produzir um ritmo categórico como é visto em humanos? Os pesquisadores observaram que, com um ancestral comum datado de 77,5 milhões de anos atrás, é improvável que uma ancestralidade comum de ritmo categórico possa explicar sua presença em ambas as espécies.

“Em vez disso, essa habilidade pode ter evoluído de forma convergente entre as espécies que cantam, como pássaros canoros, indris e humanos. Como nos pássaros canoros, a isocronia e as categorias rítmicas dos indris podem facilitar a coordenação, o processamento e o aprendizado potencial do canto”, concluíram eles.

Fonte: https://www.sciencealert.com/for-the-first-time-a-rhythm-universal-to-humans-has-been-found-in-a-primate

10 famosos que lançaram suas próprias marcas de bebida alcoólica

Matéria anterior

Os humanos realmente conseguiriam sobreviver nos desertos de Duna?

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos