icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Pintura de deusa egípcia é encontrada em sarcófago de 3 mil anos

POR Diogo Quiareli EM Curiosidades 16/04/20 às 11h42

capa do post Pintura de deusa egípcia é encontrada em sarcófago de 3 mil anos

Poucas coisas no mundo são mais interessantes do que as histórias do Antigo Egito, principalmente envolvendo o Panteão egípcio. O Panteão é um conjunto de deuses e deusas adorados no Antigo Egito. As crenças e rituais que cercam essas divindades foram as constituintes do núcleo da antiga região egípcia. Essa surgiu em algum momento da pré-história. Os egípcios então cultuavam as divindades que representavam forças e fenômenos naturais. Eles realizavam sacrifícios e rituais a fim de apaziguá-las, assim garantindo que essas forças continuassem funcionando de acordo com a ordem divina. Sabendo dessas crenças hoje em dia, diversos arqueólogos buscam evidências de algum deus ou deusa da época.

São várias as divindades da mitologia egípcia. Muitas delas se tornaram mundialmente famosas e até são representadas em outras culturas, como Anúbis, por exemplo. E recentemente o mundo foi surpreendido por uma nova descoberta. Dessa vez, foi feita em um sarcófago muito importante no país. A pintura de uma possível deusa do Antigo Egito foi encontrada, o que levou diversos estudiosos a voltarem seus olhos para o achado. Resolvemos então trazer algumas informações sobre o achado para você, caro leitor. Confira conosco a seguir, e já aproveite para compartilhar com seus amigos. Sem mais delongas, vamos lá.

Pintura de deusa egípcia é encontrada em sarcófago de 3 mil anos

Arqueólogos descobriram algumas pinturas nunca vistas antes em um sarcófago egípcio de 3 mil anos. Esse é da famosa múmia Ta-Kr-Hb. Essa era uma mulher de alto status da cidade de Tebas. Os especialistas a removeram do caixão pela primeira vez em mais de 100 anos. Isso revelou a arte que remete à deusa egípcia Imentet, também conhecida como "Deusa do Oeste". O achado chamou a atenção de pessoas do mundo inteiro. A equipe de conservação do museu Perth Museum & Art Gallery, na Escócia, afirmou que a pintura, bem preservada, fica na base interior do caixão.

Ela retrata Imentet de perfil, usando o seu típico vestido vermelho. Os braços da deusa estão levemente estendidos e se encontra de pé em uma plataforma. Isso indica que a representação é de uma estátua sagrada. De acordo com a mitologia, essa deusa representava os mortos, pois vivia em uma árvore que era a entrada para o submundo. Além da pintura, os pesquisadores vão ainda analisar a parte inferior do caixão. Esse é um ambiente forense rico que apresenta amostras de solos, plantas e insetos.

Já a resina, que é usada para cobrir as bandagens, revela outros detalhes sobre a mumificação de Ta-Kr-Hb. Além disso, os locais em que seu corpo foi mantido. Acredita-se que o caixão com desenho da deuxa foi feito em Akhmim, no Egito. Essa múmia aparentemente tem até 2.700 anos. Para os antigos egípcios, a preservação do corpo era algo extremamente, por isso o cuidado com o corpo de Ta-Kr-Hb.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comente então pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos, pois o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.


Próxima Matéria
Via   Revista Galileu  
Imagens Aminoapps
avatar Diogo Quiareli
Diogo Quiareli
Geminiano, 26 anos, goiano. Amante de música pop, fã de Katy e Luan.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest