Quando se fala sobre grandes guerras na história da humanidade, logo, pensamos na Segunda Guerra Mundial, quase nunca mencionamos o conflito que a antecedeu. Mesmo que seja negligenciada muitas vezes, a Primeira Guerra Mundial também foi um evento de grandes proporções e que teve a sua importância e impacto.

A Primeira Guerra Mundial começou no dia 28 de julho de 1914 e durou até 11 de novembro de 1918. Na guerra, mais de 70 milhões de militares, incluindo 60 milhões de europeus, foram mobilizados em uma das maiores guerras da história. Ela teve um grande marco no mundo e resultou na queda de quatro impérios: o Russo, Austro-Húngaro, Alemão e Otomano.

Muitas pessoas não sabem como se deu o conflito que gerou a Grande Guerra. E às vezes, mesmo lendo sobre, dúvidas ainda podem surgir. E para explicar esse conflito, o canal do YouTube, As Crônicas do Mundo, fez um vídeo, com um tom jocoso, para explicar o conflito. Falamos aqui também de como se deu o desenrolar da Primeira Guerra Mundial.

Começo

O começo da guerra foi pelo assassinato de Francisco Ferdinando, o príncipe do império austro-húngaro, em uma visita a Saravejo, que era Bósnia-Herzegovina. Com as investigações, o criminoso foi achado. Ele era um integrante de um grupo sérvio, chamado Mão Negra. Esse grupo não gostava da influência da Áustria-Hungria na região dos Balcãs.

Por isso, o império austro-húngaro não aceitou as medidas tomadas pela Sérvia com relação ao crime e, no dia 28 de julho de 1914, declarou guerra à Servia.

Publicidade
continue a leitura

Alianças

E desde o final do século XIX, os países europeus começaram a fazer alianças políticas. E na época da guerra, essas alianças continuaram. De um lado, estava a Tríplice Aliança, que era constituída pela Itália, Império Austro-Húngaro e Alemanha, e foi formada em 1882. E em 1907, a Tríplice Entente se formou, sendo composta por França, Rússia e Reino Unido.

Até mesmo o Brasil participou da Primeira Guerra Mundial, enviando enfermeiros e medicamentos para ajudar a Tríplice Entente.

As batalhas foram nas trincheiras e os soldados chegavam a ficar centenas de dias nelas. Eles lutavam pela conquista de pequenos pedaços de território. Nesses combates, eles usaram novas tecnologias bélicas, como tanques de guerra e aviões.

Fim

Publicidade
continue a leitura

Em 1917, os Estados Unidos entraram no conflito. Eles estavam do lado da Tríplice Entente, porque tinham acordos comerciais que queriam defender, com países como Inglaterra e França.

Com essa entrada dos EUA, a Tríplice Entente venceu. E com isso, os países da Tríplice Aliança foram forçados a assinar sua rendição. Eles assinaram o Tratado de Versalhes, que impunha, aos países, várias restrições.

A Alemanha, por exemplo, viu sua indústria bélica ser controlada, seu exército reduzido e perdeu a região do corredor polonês. Além de ter que devolver, para França, a região da Alsácia Lorena, e pagar os prejuízos de guerra para os vencedores.

Publicidade
continue a leitura

No total, a Primeira Guerra Mundial matou 10 milhões de pessoas, teve o triplo de feridos, acabou com vários campos agrícolas, destruiu indústrias e deu muito prejuízo econômico.

Se mesmo com esse resumo, você ainda tem dificuldade de entender a Primeira Guerra Mundial, o canal As Crônicas do Mundo explica, de maneira gráfica, como aconteceram as coisas e como o conflito acabou. Basta ver o vídeo deles aqui embaixo.

Para você que ama narração, tem também o DGP mundo

 

Publicado em: 11/08/19 13h21