• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Quando gêmeos idênticos se casam com gêmeos idênticos, como é a genética dos filhos?

POR Mateus Graff    EM Ciência e Tecnologia      30/08/18 às 14h31

Antes de mais nada, você sabe o são os gêmeos idênticos? Também chamados de monozigóticos ou univitelinos, os gêmeos idênticos são o resultado da fecundação de um único óvulo com um único espermatozoide, cujo o zigoto no início da gestação se divide em dois ou mais. Depois, cada um se fixa em uma região diferente do útero.

Por isso, os gêmeos univitelinos são extremamente parecidos e sempre são do mesmo sexo. Bom, mas e quando dois gêmeos univitelinos têm filhos, qual é o resultado genético da criança? Recentemente tivemos o casamento das irmãs gêmeas idênticas Brittany e Briana Deane com os irmãos idênticos Josh e Jeremy Salyers. Os casais se casaram juntos e isso gerou dúvida em muita gente sobre como seriam os filhos dos casais.

Mas e você, sabe qual seria o resultado genético de filhos de gêmeos idênticos? Será que os filhos de um casal seria idêntico ao do outro casal? A gente responde essa pergunta para vocês.

A genética de filhos de gêmeos idênticos

A dúvida é: os filhos dos dois casais serão exatamente iguais? Laura Almasy, professora de genética da Universidade da Pensilvânia, diz que teoricamente podemos esperar que os filhos sejam geneticamente parecidos com os irmãos. Irmãos que são nascidos do mesmo "grupo de pais" compartilham mais ou menos a metade de seus genes um com o outro.

"Seria como sortear de uma jarra cheia de bolas de gude ? você fica com metade do DNA da sua mãe e metade do seu pai", disse Laura. Bom, os filhos seriam muito parecidos, mas não idênticos. Os primos, por exemplo, não herdam sua genética da mesma jarra, ainda que nesse caso os filhos dos dois conjuntos de pais estariam sorteando de duas jarras separadas, porém idênticas.

Os pais gêmeos podem não ter o DNA completamente idêntico. Na verdade podem existir pequenas diferenças em seus genes que poderiam ter ocorrido no útero ou por causa de fatores ambientais ao longo de suas vidas. Essas pequenas diferenças também podem influenciar a similaridade dos bebês com os outros.

Cada célula tem 46 cromossomos, certo? A meiose (um processo que separa os 46 cromossomos em pares) é completamente aleatória. Sendo assim, cada espermatozoide e cada óvulo fica com um conjunto randômico de 23 cromossomos. Depois de se fundirem acontece um aumento nas chandes de combinação genética, que acaba gerando novamente uma célula de 46 cromossomos.

O que podemos concluir? É praticamente impossível que os gametas que geraram o filho de um dos casais sejam iguais aos gametas que geraram o filho de outro casal. Como citamos, pode ser que os filhos de um sejam parecidos com os primos (filhos do outro casal), mas dificilmente serão iguais.

Mas e você, já tinha tido essa dúvida alguma vez na vida? Comente!

Próxima Matéria
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+