CuriosidadesMundo Animal

Quem venceria a luta entre escorpião e tarântula?

0

A natureza é incrível e pode surpreender quem olha para ela com atenção. Os animais são variados e possuem características diferenciadas. São vários os tipos e estilos. E claro que assim como existem aqueles que a maioria das pessoas amam e acham fofos, existem os animais temidos pelas pessoas.

Os escorpiões e as aranhas se encaixam nessa segunda categoria. Esses aracnídeos antigos caminham pela Terra por centenas de milhões de anos, até mesmo antes dos dinossauros. Mas você já se perguntou se eles fossem colocados em uma luta um contra o outro quem venceria?

Essa dúvida tem sido um assunto muito discutido em vários vídeos do YouTube, fóruns online e até mesmo em artigos de pesquisa. A resposta para essa dúvida depende de quem está lutando. Isso porque existem mais de 900 espécies de tarântulas e 2.500 espécies de escorpiões no mundo. Mas a questão pode ser resumida em três coisas: tamanho, velocidade e veneno.

Lutadores

Na natureza, é raro que os escorpiões e as tarântulas se cruzem. Mas eles irão lutar para proteger seu território ou a si próprios. Olhando de primeira aluta parece ser equilibrada. Tanto os escorpiões quanto as tarântulas são tipicamente predadores de emboscada, ou seja, sentam e esperam por suas presas. E os dois são altamente armados.

Venenos

Os dois animais também tem uma arma em seu arsenal, o veneno. Os escorpiões injetam seu veneno através do ferrão da sua cauda. Já as tarântulas injetam o veneno através de suas presas.

O veneno dos dois são coquetéis complexos de milhares de moléculas diferentes que tem o alvo principal o sistema nervoso. Durante centenas de milhões de anos, esse veneno foi evoluindo e se ajustando para terem uma ação rápida, potente e seletiva. Tudo isso para dar a esses aracnídeos a possibilidade de capturar suas presas e se defenderem de predadores.

Por mais que as aranhas possam ser mais assustadoras, o veneno com o qual se deve preocupar é o do escorpião. É estimado que anualmente aconteçam mais de um milhão de envenenamentos de escorpiões com mais de três mil mortes.

Em comparação, os venenos da tarântula normalmente não são considerados perigosos para os humanos. E não tem registros de casos fatais com esse veneno.

Tamanho e velocidade

Os venenos são tipicamente de ação rápida, por isso quem for rápido o suficiente para acertar o primeiro golpe tem uma vantagem grande. Os cientistas usaram um vídeo de alta velocidade e descobriram que uma espécie de escorpião chamado caçador da morte pode chicotear sua cauda a 128 centímetros por segundo em um ataque para se defender.

Um outro estudo descobriu que as tarântulas marrons do Texas conseguem correr em velocidades parecidas.

Por mais que os venenos sejam armas químicas poderosas, não há dúvidas de que o tamanho dos aracnídeos tem um papel importante nessa luta. Até porque, quanto maior for o animal, mais doses de veneno serão necessárias para afetá-lo.

Vários estudos registraram escorpiões atacando aranhas menores. Mas quando as aranhas ficam maiores a situação muda. Tanto que algumas tarântulas são predadoras de escorpião conhecidas.

No geral, não existe uma resposta definitiva porque cada caso é um caso. Como foi dito anteriormente depende muito do tamanho, velocidade e veneno dos competidores.

7 sinais que o corpo dá sobre como anda a sua saúde

Matéria anterior

6 gringos que ganharam seu espaço da televisão nacional

Próxima matéria

Comentários

Comentários não permitidos.

Mais em Curiosidades

Você pode gostar