Assim como no universo de My Hero Academia, em Avatar, algumas pessoas nascem com habilidades especiais. No entanto, ao contrário de Individualidades, aqui chamamos esses poderes de dobras. Geralmente o mais comum é que cada indivíduo domine um dos quatro elementos - ar, terra, fogo e água. Todavia, eventualmente, nasce um pessoa capaz de dominar todos os quatro e ainda possuir afinidade com o plano espiritual, esse ser é chamado de Avatar. Porém, isso não significa que os demais dobradores sejam sem graça ou mais do mesmo. Na verdade, cada um deles possui uma forma particular de lidar com seu respectivo elemento e alguns até criam sub-dobras. Pensando nisso, resolvemos selecionar alguns dos mais peculiares dobradores da franquia Avatar e apontar suas habilidades únicas.

10 - Azula e suas chamas azuis

Além de ser uma das mais exímias dobradoras de fogo presentes na franquia, Azula era também a personificação do perigo. Sendo assim, nada mais justo que associá-la a um elemento gráfico especial. Como resultado disso, a personagem apresentou singulares chamas azuis ao público. Ao longo das duas lendas vimos os dobradores de fogo exibirem vibrantes chamas laranjas, sendo Azula a única diferente. Um fato interessante é que o fogo azul é conhecido por ser ainda mais quente e letal que o laranja. Portanto, essa habilidade diz muito sobre Azula ao mesmo tempo em que a coloca um patamar acima da maioria dos dobradores de fogo.

9 - Toph e seu senso sísmico

Embora Aang, Lin e Suyin tenham aprendido essa técnica com Toph, ninguém a utiliza tão bem quanto a própria. Em suma, a Bandida Cega desenvolveu essa habilidade como forma de suprir sua falta de visão. Consequentemente, acabou dando tão certo que, em Avatar: A Lenda de Korra, descobrimos que Toph enxergava melhor que todo mundo apenas usando as raízes do pântano. Enfim, o senso sísmico foi algo natural para Toph e a permitiu que ela identificasse mínimas vibrações. Assim ela passou a enxergar estruturas escondidas no subsolo, prever o clima e até saber se alguém está mentindo ou não. Inclusive, foi esse senso que permitiu que ela notasse as pequenas partículas de terra no metal refinado, dobrando-o.

8 - Zaheer e sua capacidade de voo

Publicidade
continue a leitura

Apesar de não ter nascido um dobrador de ar, Zaheer acabou adquirindo a habilidade após a Convergência Harmônica. Posteriormente, o vimos batalhar contra Tenzin. O resultado mostrou que mesmo apesar de toda meditação e conhecimento filosófico, o líder da Lótus Vermelho não estava à altura de um mestre na dobra de ar. Contudo, isso não significa que Zaheer não soube explorar seu novo dom, muito pelo contrário. Na verdade, Zaheer chegou a conseguir desenvolver habilidades únicas. Após perder sua namorada, P'Li, o antagonista conseguiu desbloquear a capacidade de voo. Nem mesmo os mais experientes nômades do ar conseguiram acessar essa habilidade. Aí sim, ele se tornou um oponente desafiador, afinal, era quase impossível alcançá-lo.

7 - Ghazan e sua dobra de lava

Sabemos que, eventualmente, Bolin se tornou um dobrador de lava. Além disso, tanto a Avatar Kyoshi quanto seu sucessor Roku demonstraram domínio sob a lava antes do mesmo chegar a ganhar um nome. Todavia, Ghazan é o principal nome quando mencionamos dobra de lava. Ele acabou incorporando essa técnica com perfeição à sua dobra de terra. Em suma, ele descobriu sozinho como criar lava a partir de rochas. Ele eleva tanto a temperatura do mineral que, em questão de segundos, ocorre a conversão. Ademais, chegamos a vê-lo criar uma shuriken de rocha derretida para fugir de sua prisão. Isso que chamamos de aplicabilidade da técnica.

6 - P'Li e sua dobra de combustão

Não foi confirmado que P'Li e o Homem Combustão são parentes. No entanto, essa habilidade compartilhada nos leva a acreditar que eles possuem algum ancestral em comum. Ambos dobradores de fogo possuem uma tatuagem em forma de olho bem no meio da testa e a usam para direcionar um raio de energia rumo à um alvo. Contudo, P'Li conseguia até curvar seus raios de combustão, algo que a torna ainda mais perigosa que seu antecessor.

Publicidade
continue a leitura

5 - Jinora e sua projeção espiritual

Os dobradores de ar estão fortemente ligados a sua espiritualidade e são reconhecidos por isso. Então, não chega a ser surpreendente uma promissora dobradora de ar como Jinora possuir tamanho conhecimento em relação ao mundo espiritual. No entanto, seu domínio sobre o mesmo acaba chamando atenção por causa de sua pouca idade, afinal, mestres tendem a ser mais velhos. Sendo assim, essa afinidade com os espíritos coloca Jinora como uma criança prodígio. Logo, ela consegue realizar a projeção espiritual, algo que nenhum outro dobrador de ar na franquia foi mostrado fazendo. Através dessa habilidade, Jinora consegue se comunicar com os outros independente da distância e até mesmo atuar como espiã em certos casos.

4 - Ming-Hua e sua capacidade de dobrar água sem os braços

Considerando que as técnicas de dobra dos elementos são diretamente inspiradas em artes marciais, sabemos que elas exigem certos movimentos corporais. Sendo assim, as mãos se tornam essenciais nessa equação, certo? Bom, Ming-Hua prova que não é bem assim. Embora Toph tenha sido muito importante para mostrar que a acessibilidade é uma pauta em Avatar, ninguém estava preparado para conhecer o potencial de Ming-Hua. A dobradora de água da Lótus Vermelho domina com excelência o elemento mesmo sem ambos os braços. Além de conseguir projetar tentáculos aquáticos, a personagem também consegue criar lâminas de gelo e utilizá-las tanto para escalar quanto para matar.

3 - Yakone e sua dobra psíquica do sangue

Publicidade
continue a leitura

Visto que Hama foi responsável por introduzir a sombria técnica de dobra de sangue na franquia, quando chegamos em A Lenda de Korra acreditávamos estar familiarizados com a técnica. Bom, equívoco o nosso. Antes, apesar de todo o poder em torno da técnica, vimos que seu uso era limitado ao dias de lua cheia. Contudo, na sequência da série, os flashbacks de Korra mostraram Aang confrontando Yakone, um criminoso que usava a dobra de sangue para extorquir as pessoas. O mais surpreendente é que, além de conseguir realizar a técnica mesmo sem o auxílio da lua cheia, Yakone o fazia sem o uso das mãos, apenas com o poder da mente. Portanto, essa habilidade psíquica o tornava ainda mais perigoso e por isso Aang se viu obrigado a remover a habilidade de dobra de Yakone.

2 - Amon e sua remoção de dobra

Falando em Yakone, dobra de sangue e remoção de dobra, parece o momento perfeito para citar Amon. Também conhecido como Noatak, o filho de Yakone foi pressionado desde muito novo pelo pai para aperfeiçoar sua dobra de sangue. Embora isso tenha provocado traumas irreversíveis no garoto, também serviu para prepará-lo para aquilo que viria a se tornar sua especialidade, a habilidade de remoção de dobra. Anteriormente, só havíamos visto essa técnica ser utilizada por Aang e pela Tartaruga-Leão.

1 - Aang/Korra e sua dobra de energia

Enquanto Amon utiliza a dobra de sangue como um atalho para a remoção de dobra, Aang faz isso através da energia espiritual. Assim, o vimos tirar os poderes do Senhor do Fogo Ozai e de Yakone. Posteriormente, seu espírito apareceu e restaurou a dobra de Korra ao mesmo tempo em que permitiu que ela fizesse isso para outras pessoas. Portanto, a dobra de energia é a habilidade mais única e poderosa já vista na franquia. Através dela o Avatar pode remover ou restaurar a dobra de outros indivíduos.

Publicado em: 15/07/20 13h04