• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


4 crimes terríveis vinculados à feitiços de bruxaria

POR Diogo Quiareli    EM Entretenimento      10/04/17 às 15h20

Quase todos nos temos algumas crenças, as nossas crenças para ser mais exato. Acreditamos em diversas coisas, seja de cunho religioso onde um Deus abstrato nos guia e nos dá salvação ou condenação até a influência que o universo tem para a formação do nosso caráter. Diante de tantas crenças ao redor do mundo, uma coisa as pessoas mais sensatas fazem: respeitar o que o outro acredita. E mais do que isso, não deveríamos usar como verdade absoluta aquilo que nos é passado através de alguma pregação ou coisa do tipo. O problema é que ainda existe muita intolerância das pessoas em relação a outras e algumas histórias acabam de uma forma terrível e até fatal, com crimes extremamente violentos.

Aqui no Ultra Curioso você pode encontrar diversas matérias relacionadas a esse tema sem sair do nosso site. Com apenas um clique você pode ser direcionado a um novo mundo composto por curiosidades e respostas para as suas dúvidas, todas elas, basta utilizar a barra de pesquisa em nossa tela inicial. Deixaremos alguns links que levarão você para algumas dessas matérias sobre o mundo da bruxaria e essa crença um tanto inusitada para algumas pessoas. Sem mais delongas, confiram conosco e em seguida acompanhem a lista de 4 crimes terríveis vinculado à feitiços de bruxaria.

5 motivos bizarros que faziam as pessoas serem acusadas de bruxariaConheça a religião que te ensina magia e bruxariaComo está o menino nigeriano que foi abandonado por ser um "bruxo"?7 segredos que vão mudar o modo como você enxerga o mundo de Harry Potter; 6 pessoas da vida real que vão te provar que bruxos existem sim.

1- Sr. Wayne Hartung

Em 31 de Julho de 2015 houve uma lua azul, isso significava que haveria duas luas cheias em um único mês. Um evento assim só acontece cerca de 1 vez a cada 3 anos. Nessa mesma noite, em Pensacola, na Flórida, Voncile Smith, de 77 anos, e seus filhos, Richard Thomas Smith, de 49 anos, e John William Smith, de 47 anos, foram assassinados em sua casa. Os três foram espancados com um martelo e encontrados com as gargantas cortadas. Richard havia também tomado um tiro na cabeça.

A policia afirmou que os corpos foram encontrados de uma forma que parecia ter sido utilizado em um ritual, mas acabaram distorcendo a história e postando que haviam sido encontrados em cômodos diferentes. Em outubro de 2015, a polícia prendeu Wayne Hartung Sr. , O meio-irmão das vítimas. Na conferência de imprensa, o xerife disse que um possível motivo para o assassinato foi bruxaria. O crime foi cometido durante a lua azul e isso fez acreditar que estava envolvido com o a Wicca.

2- Louise e Loy Dean Stone

Louise e Loy Dean Stone de Dimmitt, Texas, foram auto-proclamados Wiccanos e membros da igreja de Arianhu, que é uma pequena parte da igreja Wicca que fica em Carolina do Norte. Duas semanas antes do Halloween de 1977 o casal foi a televisão local e afirmou praticar bruxaria e ensinar isso as pessoas por parte de um seminário Wicca. A história repercutiu muito entre os adolescentes que fez com que alguns deles fossem para a casa rural do casal em busca de ensinamentos do meio. Carros de adolescentes passavam, buzinando e gritando na casa. Os Stones ligaram para o departamento do xerife, que expulsou os adolescentes. Depois que a polícia saiu, outro caminhão de adolescentes veio pela casa. O caminhão estava levando 5 pessoas estava próximo a casa quando dois tiros de espingarda vieram em sua direção, deixando dois deles feridos e um morto.

O casal afirmou em uma entrevista não saber da origem dos tiros, mas quando foi feita uma investigação, encontraram na casa deles uma arma recém-disparada. O casal foi preso em 7 de novembro e Loy afirmou que não tinha a intenção de acertar os jovens, que havia disparado apenas para amedrontá-los.

3- Cherrylle Dell

Nas primeiras horas da manhã de 29 de dezembro de 1995, Cherrylle Dell conversou por telefone com seu marido, Scott Dell, enquanto bebia sozinho em sua casa em Ottawa Valley, no Canadá. Cherrylle queria muito que ele bebesse o vinho que havia dado. Depois de tanta insistência isso aconteceu e logo após ele caiu em coma e morreu. A polícia investigou e concluiu que Dell, cujo câncer de boca tinha acabado de retornar após a remissão, tomou sua própria vida bebendo anticongelante. Em 1997 apareceram novas provas quando Nancy, namorada de Cherrylle foi a polícia após romperem o namoro e contar que ela havia envenenado Scott.

Cherrylle tentara guiar Scott espiritualmente. Naquela noite, ela lhe disse que sonhara que teria visões espirituais se bebesse o vinho. Depois que ele saiu, Cherrylle tirou seus livros de bruxaria , acendeu algumas velas, e começou a rezar. Quando chegou em casa, Cherrylle falou com ele no telefone por nove horas, tentando fazê-lo beber o vinho. Mesmo diante de tantas informações, Nancy nunca chegou a afirmar isso no tribunal Em agosto de 1997, ela morreu em um incêndio em casa que foi iniciado por Brent Crawford, de 16 anos. Cherrylle havia seduzido Crawford e convenceu-o a realizar o crime. A mulher foi condenada a prisão perpétua acusada de morte em primeiro grau de Scott. Ela contou sobre a influência que teve sobre Crawford e que ele havia mesmo realizado o assassinato em primeiro grau de Nancy, também sendo condenado a prisão perpétua.

4- Clara Jane Schwartz

Assim como muito jovens que estavam na fase da adolescência no final da década de 90, Clara Jane e seus amigos próximos tinham interesse que eram vistos como obscuros e góticos. Na época eles gostavam de um jogo RPG chamado "Vampire The Masquerade". Eles liam sobre vampiros e estavam envolvidos com Wicca. Em 8 de dezembro de 2001, enquanto Clara estava na Universidade James Madison, os seus amigos Michael Pfohl, Katherine Inglis e Kyle Hulbert, foram para a casa do pai de Clara, Robert Schwartz, em Leesburg, Virgínia. Robert era um cientista respeitado que se especializou em DNA e biometria, mas Clara alegou que ele abusou dela por anos.

De acordo com Clara, ele estava envenenando e ela tinha medo de matá-la durante as próximas férias. Clara então convenceu Hulbert, que era um esquizofrênico paranóico, a matar seu pai. Assim que Robert estava se preparando para jantar em sua casa, Hulbert entrou em sua casa com uma espada de 70 cm de comprimento. Inglis e Pfohl esperaram no carro. Hulbert deu 30 golpes com a arma no homem e seu corpo só foi encontrado 2 dias depois porque ele não aparecia para trabalhar. Um vizinho conseguiu reconhecer os três criminosos porque na noite do crime o seu carro ficou preso na lana que havia próximo a casa. Clara e seus três amigos foram presos. Ao olhar através do quarto de Clara, a polícia encontrou uma série de objetos Wiccan, incluindo uma pele de coelho e um livro de runas. Depois que Hulbert foi preso, ele disse que recebeu permissão para executar o assassinato de seres de outro mundo chamados Sabba, Ordog e Nicodemus.

E aí, o que você achou dessa matéria? Medonha, né? Comenta pra gente aí em baixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando que o seu feedback é muito importante para nós pois nos ajuda a crescer cada dia mais e com esse crescimento podemos sempre trazer o melhor conteúdo para os mais diverso leitores aqui do Ultra Curioso.

Próxima Matéria
Via   Listverse  
Diogo Quiareli
Geminiano, 24 anos, goiano.
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+