Curiosidades

As camas das Olimpíadas foram feitas de papelão para evitar relações sexuais

0

Os Jogos Olímpicos se originaram na Grécia antiga há cerca de 3.000 anos e foram revividos no final do século 19. Pouco a pouco, se tornaram o evento esportivo mais proeminente do mundo. Do século VIII a.C. ao século IV d.C., a competição era realizada a cada quatro anos em Olímpia, localizada na península ocidental do Peloponeso. O objetivo era o de prestar homenagens ao deus Zeus.

As Olimpíadas modernas aconteceram no ano de 1896, em Atenas/Grécia. Na cerimônia de abertura, o rei Jorge I da Grécia e uma multidão de 60.000 espectadores receberam 280 participantes de 13 nações (todos do sexo masculino), que competiriam em 43 eventos. Desde 1994, os Jogos Olímpicos de Verão e Inverno são realizados separadamente e alternam-se a cada dois anos.

Camas

Para muitas pessoas, as Olimpíadas são verdadeiros acontecimentos. Os melhores atletas do mundo se reúnem em prol de uma competição amistosa, sendo fraternos uns com os outros e defendendo suas nações.

Sediar as Olimpíadas é uma honra para o país, mas também significa que ele terá grandes despesas já que é a nação sede é quem terá que pagar a conta do maior evento esportivo do mundo.

A quantia que os países gastam com os jogos é absurda. Para se ter uma ideia, Pequim gastou 40 bilhões de dólares quando sediou as Olimpíadas em 2008, a Rússia desembolsou 51 bilhões para os Jogos de Inverno em 2014, o Brasil ultrapassou os 40 bilhões de reais quando os Jogos aconteceram por aqui, em 2016.

Agora, estamos a menos de uma semana para o começo dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Além da expectativa para ver os melhores atletas do mundo juntos, existe um outro ponto que chamou atenção nas redes sociais. O fato é que as camas que a organização do torneio escolheu foram feitas para que os atletas do evento não tenham relações sexuais.

De acordo com os organizadores do evento, os atletas vão dormir em camas que receberam o apelido de “anti-sexo”. Os leitos são descartáveis e podem se partir no caso de movimentos muito bruscos ou então se algum salto for feito sobre ele.

Motivo

As camas são feitas de papelão e tem o objetivo de serem reaproveitadas depois do fim das Olimpíadas. Justamente por causa da qualidade do material essas camas foram pensadas com o objetivo de evitar que relações sexuais fossem feitas em cima delas. Essa medida foi tomada já que todos sabemos que o mundo ainda está vivendo a pandemia do coronavírus.

De acordo com Takashi Kitajima, gerente geral da Vila, embora o material das camas seja papelão, ele é bem resistente. “Estamos percebendo o conceito desses jogos como um que contribui para a sustentabilidade. Queremos que os atletas tenham uma boa noite de sono para que possam ter performances fantásticas. Essas camas podem suportar até 200 quilos”, afirmou ele.

7 seleções de futebol que surpreenderam nesse século

Matéria anterior

Como um Fusca de 1939 está valendo 1,8 milhão de reais?

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos

Você também pode gostar