• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Com apenas 11 anos, ela transformou os becos de sua comunidade em salas de aula

POR Leticia Rocha    EM Compartilhando coisa boa      21/03/19 às 19h05

A educação é com certeza o "bem" mais valioso que alguém pode ter. Como dizem nossos avós e mães, é a única coisa que ninguém pode tirar de alguém. Infelizmente, não são todas as pessoas que conseguem ter acesso a um bom ensino. É por isso que várias políticas públicas são implementadas com o intuito de melhorar a oferta de ensino, já que esse é um direito garantido na Constituição Federal.

Mas esses esforços não acontecem apenas por meio de ações extra oficiais e políticas de governo. Organizações não governamentais e até mesmo pessoas, que agem de forma individual, tentam à sua maneira cooperar para garantir uma boa educação para os que precisam. E este é o caso da Stheffany Rafaela da Silva, moradora de Recife, que tem apenas 11 anos de idade.

Aulas no beco

Acontece que, com apenas 11 anos de idade, a garota já ajuda os colegas do bairro dando aulas de reforço para as crianças. Stheffany mora na comunidade Roda de Fogo, na Zona Oeste de Recife, e ministra as aulas no beco. São cerca de 15 crianças que ela ensina anualmente desde o ano passado. Antes, ela fazia isso com a ajuda de uma amiga, mas depois que a colega se mudou, ela precisou organizar tudo sozinha.

E não pense que ela chega e fala qualquer coisa. Stheffany de fato planeja as aulas e o conteúdo que vai explanar para os alunos. E não é só isso, ela também separa o material para fazer cópias, de modo que as crianças possam acompanhar no decorrer das aulas. Além disso, ela pede aos vizinhos doações para conseguir pagar as xerox e também alguns quitutes para os lanches da criançada.

Os estudos de Stheffany

Stheffany Rafaela faz isso porque realmente gosta. Aliás, é nisso que ela pretende investir no futuro, pois Stheffany pretende ser professora! Primeiro para dar 'aula de tudo', como ela diz, e depois para dar aula de matemática, que é sua matéria favorita. Na escola que estudava, ela já era conhecida pelas aulas que dava no beco. Na verdade, foi isso que fez com que ela ganhasse uma bolsa de estudos.

Uma pessoa se sensibilizou com a atitude da garota e decidiu bancar seus estudos em uma escola particular, onde está estudando desde abril do ano passado. A mãe, muito orgulhosa, diz que Stheffany nunca deu trabalho quanto aos estudos. Muito pelo contrário! As brincadeiras dela inclusive, na maioria das vezes, estava relacionada com alguma coisa da escola. E é claro que a mãe também apoia os sonhos da filha.

Histórias assim nos mostram o quanto a educação é importante. Também mostram o quanto ela pode gerar bons frutos, como é o caso da Stheffany e do trabalho que ela desenvolve em sua comunidade. E você, conhece alguém que já fez algo parecido com o que fez esta garotinha? Nos conte aqui nos comentários. Aliás, se quiser ler mais matérias sobre coisas boas assim, não deixe de acessar nossa categoria "Compartilhando Coisa Boa". Lá você vai encontrar várias outras notícias tão empolgantes quanto essa para animar o seu dia.

Próxima Matéria
Via   g1  
Leticia Rocha
Jornalista e aprendiz de Dani Noce. No insta é ticia_rochaa
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+